Dourados – MS terça, 22 de setembro de 2020
Dourados
27º max
14º min
Ponta Porã

Castelinho deve ser transformado em Espaço Cultural e Museu

12 Mai 2016 - 06h00
Audiência Pública coletou propostas para destino do castelinho de Ponta Porã. - Crédito: Foto: DivulgaçãoAudiência Pública coletou propostas para destino do castelinho de Ponta Porã. - Crédito: Foto: Divulgação
A Audiência Pública do Castelinho realizada pela Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação de Mato Grosso do Sul, na terça-feira no Anfiteatro da Câmara Municipal de Ponta Porã, norteou as próximas etapas para restauro do prédio histórico, tido como um dos dez mais representativos de Mato Grosso do Sul.


A audiência pública contou com um público formado por representantes de entidades culturais e instituições de ensino, além de artistas e entusiastas da arte, cultura e história da fronteira entre Ponta Porã (BR) e Pedro Juan Caballero (PY).


O prefeito de Ponta Porã Ludimar Novais (PDT) fez a abertura oficial da audiência pública, enaltecendo a importância do resgate histórico do Castelinho, como forma de preservar a memória cultural da fronteira.


"O Castelinho faz parte da nossa história, muitos fatos marcantes e acontecimentos ocorreram nesse prédio histórico.O restauro do castelinho é um anseio e desejo da nossa população.Disse recentemente ao Governador Reinaldo Azambuja, que a reforma e restauro deste prédio histórico seria um marco em sua gestão" disse Ludimar que confirmou a parceria da Prefeitura de Ponta Porã, na efetiva participação de restauro e revitalização do Castelinho.


O secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação de Mato Grosso do Sul, Athayde Nery, presidiu a audiência pública afirmando que é uma das etapas previstas no processo para restauro do Castelinho.


"Estamos satisfeitos com a audiência pública do Castelinho, ocorrida em Ponta Porã.O nível do debate demonstra a preocupação responsável dos diversos segmentos da sociedade civil organizada, com esse importante símbolo histórico de Mato Grosso do Sul" frisou Athayde, ressaltando que "ouvir a população é essencial, para que a etapa de restauro possa atender o desejo da comunidade local e possamos realizar um trabalho transparente de democrático".


Em seguida o representante do IPHAN-Instiuto de Patrimônio Histórico e Artistico Nacional, João dos Santos, apresentou as principais características de um prédio histórico, como é feito a avaliação para o restauro e a importância da manutenção das características do castelinho, sua estrutura original, bem como a finalidade de sua existência ao longo da história.


Na oportunidade o professor Yhulds Bueno, entusiasta da história do Castelinho fez uma breve explanação "Linha do Tempo" tratando da origem, período e principais características do prédio histórico, sua utilização e função na década de 30.


O promotor de Justiça Gabriel da Costa Rodrigues Alves, disse que a intervenção do Ministério Público Estadual para recuperação do prédio histórico, é uma forma de colocar em prática a preservação da memória histórica e cultural de Ponta Porã.


"A fronteira possui uma magia que fascina, pela sua rica diversidade cultural, possui fatos históricos marcantes que é preciso estar atento para observar esses valores.O Castelinho faz parte desta história, temos o dever e a obrigação de preservar tudo que enaltece a formação desta comunidade.A audiência pública é uma das etapas previstas para legitimar sua restauração e estamos atentos no prazo de ações para inicio e entrega do prédio histórico para população" lembrou Gabriel.


Diversos artistas, professores e entusiastas pela restauração do Castelinho, apresentaram propostas para o destino e utilização do prédio histórico.


O vereador Marcelino Nunes criador da Lei Municipal de Preservação do Patrimônio Público, sugeriu que o prédio possa ser transformado em Museu Histórico da Fronteira, com objetos, materiais e fotos que relembrem a formação sócio-cultural de Ponta Porã.


O presidente do Convention Visitors & Bureau de Ponta Porã, Anderson Carpes sugeriu que o Castelinho seja transformado em Guarda Municipal Mirim hoje sem sede própria, que serviria para formação cidadã das crianças e jovens da fronteira.


O produtor cultural e músico, João Caetano, defendeu a transformação do castelinho em um espaço cultural, com diversas intervenções artísticas e também uma parte destinado a um museu que retrate a história da fronteira.


A presidente da Fundação da Cultura de Ponta Porã Gisele Benites Flor, disse que a entrega do Castelinho restaurado já é uma grande conquista, mas que o destino deve enquanto museu ou espaço cultural, possa ser algo que a população utilize de forma diária, com constante atividades e com profissionais capacitados para manutenção do prédio histórico e suas funções.


No encerramento da audiência pública ficou definido que o IPHAN será responsável por toda parte técnica para o restauro do Castelinho, obedecendo os prazos especificados pelo Ministério Público Estadual.


"A audiência pública legitima o destino após a restauração do castelinho. Estaremos avaliando as propostas e as próximas etapas visa a busca de recursos para realização do restauro, é importante que Ponta Porã também possa inserir em sua Lei Orçamentária recursos para esse fim e o Governo do estado também estará prevendo em sua LDO" afirmou Athayde Nery.


As diversas propostas apresentadas durante a audiência pública sinalizou para restauro do Castelinho com destino na transformação em espaço cultural e museu municipal de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
Queimadas

Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019

22/09/2020 16:28
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
Edícula aos fundos de igreja era utilizada para armazenar drogas em Dourados
Tráfico

Edícula aos fundos de igreja era utilizada para armazenar drogas em Dourados

há 4 horas atrás
Edícula aos fundos de igreja era utilizada para armazenar drogas em Dourados
Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes
Convocação

Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes

22/09/2020 16:02
Governo do Estado convoca escrivães aprovados no concurso da Polícia Civil para ocupar vagas remanescentes
Carro capota após colisão e atinge outro veículo que estava estacionado
Dourados

Carro capota após colisão e atinge outro veículo que estava estacionado

22/09/2020 15:30
Carro capota após colisão e atinge outro veículo que estava estacionado
Em 24 horas, MS registra mais 926 novos casos e 12 mortes por coronavírus
Covid-19

Em 24 horas, MS registra mais 926 novos casos e 12 mortes por coronavírus

22/09/2020 14:33
Em 24 horas, MS registra mais 926 novos casos e 12 mortes por coronavírus
Últimas Notícias