Dourados – MS segunda, 03 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Campanha Parcelamento Conta
Cidades

Capital: Vendas tiveram alta acima de 10%

28 Dez 2010 - 09h46
Consumidores das classes C e D tiveram papel decisivo no Natal
 - Crédito: Foto: Edemir RodriguesConsumidores das classes C e D tiveram papel decisivo no Natal - Crédito: Foto: Edemir Rodrigues
CAMPO GRANDE - Em Campo Grande, as vendas realizadas pelo comércio entre os dias 1º e 24 de dezembro registraram alta de 10,38% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo pesquisa divulgada ontem pelo Departamento de Estatística e Pesquisa (DEPE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Esse percentual supera o comportamento histórico do comércio, que é um crescimento de 2 pontos percentuais acima do crescimento do PIB. O último relatório Focus, do Banco Central, datado de 17/12, estimou um crescimento de 7,61% para o PIB brasileiro. O Natal de 2010 foi o melhor para o varejo brasileiro desde a virada do século atual, de acordo com o setor.

Nas vendas natalinas deste ano em Campo Grande, os destaques foram para os segmentos de calçados, vestuário, óculos, joias, bijouterias e cosméticos. Para o presidente da ACICG, empresário Luiz Fernando Buainain, vários fatores contribuíram para o bom resultado nas vendas deste ano.

\"O excelente momento proporcionado pela estabilidade econômica, com manutenção dos empregos e a facilidade na obtenção de créditos podem ser apontados com elementos positivos para o resultado alcançado pelas empresas comerciais de Campo Grande neste Natal. Porém, outro fator facilitador merece destaque: trata-se da parceria que as entidades do comércio fizeram com o governo do Estado e com a Prefeitura para realização da campanha Natal Mágico\", comentou Buainain.

Os consumidores das classes C e D tiveram papel decisivo neste bem sucedido Natal. Por conta do aumento da formalização da economia ao longo deste ano, muitos passaram a receber o 13º salário. De acordo com o economista Emilio Alfieri, do Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV), da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), neste Natal, foram injetados na economia brasileira R$ 102 bilhões referentes ao pagamento do benefício. No ano passado, foram R$ 85 bilhões.

#####Shoppings

- Pesquisa aponta que o faturamento dos shoppings neste Natal cresceu 13% em relação à mesma data de 2009 e superou a expectativa inicial, que era de um acréscimo de 10%.

Depois do melhor Natal da década e de um ano excepcional de vendas, o setor de shopping centers se prepara para dar um salto. Serão investidos R$ 6,331 bilhões até meados de 2013 para erguer 124 novos empreendimentos no País.

Para Campo Grande está prevista inauguração de dois novos empreendimentos do setor em 2011: o Shopping Norte Sul e o Shopping 26 de Agosto
\"Vamos ter um novo boom na indústria de shoppings\", afirmou o presidente da Associação dos Lojistas de Shopping (Alshop), Nabil Sahyoun, comemorando o resultado de vendas do Natal, com base numa pesquisa feita com 150 empresas de varejo, que reúnem 6,3 mil lojas espalhadas pelo País. (ACICG)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista é preso por dirigir bêbado dentro do Detran
Capital

Motorista é preso por dirigir bêbado dentro do Detran

03/08/2020 19:33
Motorista é preso por dirigir bêbado dentro do Detran
PRF apreende réplicas de aparelhos celulares e relógios smart em Ponta Porã
Apreensão

PRF apreende réplicas de aparelhos celulares e relógios smart em Ponta Porã

03/08/2020 18:31
PRF apreende réplicas de aparelhos celulares e relógios smart em Ponta Porã
Alan Guedes acompanha ação ‘Eu Fui Orientado’ do Sebrae/MS
Dourados

Alan Guedes acompanha ação ‘Eu Fui Orientado’ do Sebrae/MS

03/08/2020 17:31
Alan Guedes acompanha ação ‘Eu Fui Orientado’ do Sebrae/MS
Ponta Porã

Foragido da justiça é encontrado esfaqueado no meio da rua em Ponta Porã

03/08/2020 17:00
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Adoção na Pandemia

Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia

03/08/2020 16:25
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Últimas Notícias