Dourados – MS quarta, 20 de janeiro de 2021
Dourados
28º max
21º min
Influx
Cidades

Caarapó reforça ações contra dengue

05 Fev 2011 - 15h57
Agente de controle de endemias realiza tratamento com larvicida - Crédito: Foto: DivulgaçãoAgente de controle de endemias realiza tratamento com larvicida - Crédito: Foto: Divulgação
Caarapó - A Secretaria de Saúde acaba de deflagrar uma verdadeira cruzada de combate ao Aedes aegypti. Equipes do setor de Controle de Vetores estão mobilizadas, com o objetivo de reduzir o potencial de contaminação pelo mosquito transmissor da dengue e da febre amarela, com o envolvimento da população local.

A realização da campanha é uma determinação expressa do prefeito Mateus Palma de Farias (PR). “Não podemos correr o risco de uma endemia. As chuvas que têm atingido a cidade podem transformar alguns locais em potenciais criadouros do mosquito. E é aí que mora o perigo”, alertou o prefeito de Caarapó, que autorizou o reforço das equipes de agentes de saúde com novas contratações de pessoal.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Ireu Natal Barros, 12 novos agentes foram temporariamente admitidos para atuar na campanha contra a dengue. Com as novas contratações, a equipe de controle de endemias passa a ter 22 agentes, que vão visitar todos os domicílios da cidade de Caarapó e distritos até o início de março. Os agentes foram treinados para realizar pesquisa larvária e efetuar tratamento com larvicidas e inseticidas, promovendo a eliminação de criadouros do vetor e orientações educativas.

Dados da Secretaria Municipal de Saúde revelam que no último trimestre do ano de 2010, em Caarapó, foram notificados 24 casos suspeitos de dengue clássica, dos quais quatro foram confirmados através de exame laboratorial. Não houve ocorrência de Febre Hemorrágica da Dengue (FHD), sendo que no mês passado foram notificados 13 casos suspeitos, dos quais oito apresentaram resultados negativos, enquanto cinco aguardam resultado de exames.

Barros lembra que as condições climáticas atuais, com ocorrência de chuvas, favorecem a reprodução do mosquito Aedes aegypti. “Com as chuvas constantes e a temperatura elevada, a tendência é o aumento do índice de infestação predial do referido vetor”, observou o secretário, acrescentando que no período de abril a novembro de 2010, o índice de infestação do mosquito da dengue permaneceu abaixo de 1% em Caarapó, o que é considerado estável pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Entre dezembro do ano passado e o início deste mês, o índice subiu para 1,7%, o que significa que, de cada cem imóveis visitados pelo Setor de Controle de Vetores, quase dois apresentaram focos do mosquito Aedes aegypti.

“Muitos focos estão sendo encontrados em objetos e utensílios de uso doméstico e diário, devido à falta de atenção e cuidados por parte dos proprietários ou responsáveis pelos imóveis. Por isso, é necessário que os moradores verifiquem diariamente seus imóveis e realizem os procedimentos no sentido de evitar a reprodução do mosquito, pois somente as ações devolvidas pelo Poder Público não são suficientes, é necessário que a população contribua para evitarmos ocorrências de casos de dengue, inclusive, em forma de epidemias”, alertou o secretário de Saúde de Caarapó.

O coordenador Municipal de Controle de Vetores do Município, Ivo Benites, acrescentou que as ações de Controle de Vetores são de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Caarapó, através da Secretaria Municipal de Saúde, com apoio técnico e supervisão da Secretaria de Estado de Saúde, por meio da Coordenadoria Estadual de Controle de Vetores, e obedecem a normas técnicas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e Coordenadoria Estadual de Controle de Vetores.

As ações são realizadas de acordo com a Programação das Ações de Vigilância em Saúde (PAVS), pactuadas com a Secreta-ria de Estado de Saúde, que compreendem seis ciclos de visitas no ano em todos os imóveis, entre sede do município e distritos.

As parcerias envolvem outras secretarias municipais e o Poder Legislativo local, entidades de ensino das esferas estadual e municipal, instituições públicas e demais segmentos governamentais e não governamentais para o desenvolvimento de ações educativas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperaturas sobem um pouco, mas instabilidades se mantém nesta quarta-feira
clima

Temperaturas sobem um pouco, mas instabilidades se mantém nesta quarta-feira

20/01/2021 07:12
Temperaturas sobem um pouco, mas instabilidades se mantém nesta quarta-feira
Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira
tempo

Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira

19/01/2021 07:14
Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira
Rio Miranda em Bonito atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta
chuvas

Rio Miranda em Bonito atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta

18/01/2021 16:45
Rio Miranda em Bonito atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta
Governo anuncia pavimentação da MS-166 e amplia logística da produção
política

Governo anuncia pavimentação da MS-166 e amplia logística da produção

18/01/2021 14:05
Governo anuncia pavimentação da MS-166 e amplia logística da produção
CNH vencida em janeiro do ano passado, precisa ser renovada até este mês
Cidades

CNH vencida em janeiro do ano passado, precisa ser renovada até este mês

16/01/2021 14:30
CNH vencida em janeiro do ano passado, precisa ser renovada até este mês
Últimas Notícias