Dourados – MS sábado, 27 de fevereiro de 2021
Dourados
36º max
25º min
Influx
MEIO AMBIENTE

Amarildo questiona Governo com relação a desmatamento no Parque dos Poderes

09 Jun 2016 - 14h37
Deputado apresentou requerimento cobrando explicações. - Crédito: Foto: Agência ALMS/Roberto Higa/DivulgaçãoDeputado apresentou requerimento cobrando explicações. - Crédito: Foto: Agência ALMS/Roberto Higa/Divulgação
O presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa, Amarildo Cruz (PT), apresentou requerimento de informações, durante a sessão plenária desta quinta-feira (9/6), solicitando esclarecimentos do Governo do Estado com relação ao desmatamento de área localizada nas proximidades do Palácio Guaicurus, sede do Legislativo Estadual. O deputado questiona o motivo da derrubada de árvores e qual órgão público será instalado no local. "Também queremos saber se houve o prévio licenciamento ambiental e a respectiva análise do impacto à fauna e flora do Parque dos Poderes", disse.

O presidente da Casa de Leis, Junior Mochi (PMDB), sugeriu que os 24 deputados estaduais assinassem o requerimento, simbolizando a preocupação de todos com a preservação da floresta do Parque. Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 86/16, que justamente autoriza o Poder Executivo Estadual a doar área com aproximadamente 20 mil metros quadrados, ao lado do Palácio Guaicurus, com encargo ao município de Campo Grande, "para fins de regularização de via pública, com a execução de obras de pavimentação asfáltica, (...) a fim de tornar viável a construção das sedes de órgãos públicos na região do bairro Veraneio". Amarildo informou que avocará a relatoria do projeto de lei na comissão de mérito. A proposta já recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

O líder do Governo do Estado na Casa de Leis, Professor Rinaldo (PSDB), informou que o desmatamento no local está suspenso e que técnicos responsáveis pela obra se reunirão com os deputados estaduais para prestar esclarecimentos, na próxima terça-feira (14/6) pela manhã, antes da sessão plenária. "Todas as dúvidas serão esclarecidas, mas já posso afiançar que tudo o que vem sendo feito está de acordo com a legalidade", reiterou.

Durante a sessão de ontem (8/6), o deputado Paulo Corrêa (PR) lembrou que, embora o Parque dos Poderes seja um distrito estadual, com prefeito responsável pela administração, cabe aos parlamentares a atuação fiscalizadora. Informou ainda que o Parque dos Poderes e o Parque das Nações Indígenas totalizam 127 hectares e estão entre os maiores complexos de área verde do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com 160 novos casos confirmados, Dourados totaliza 20,5 mil infectados pela Covid-19
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Com 160 novos casos confirmados, Dourados totaliza 20,5 mil infectados pela Covid-19

há 15 horas atrás
Com 160 novos casos confirmados, Dourados totaliza 20,5 mil infectados pela Covid-19
Governo prorroga toque de recolher em todo o estado
Covid-19

Governo prorroga toque de recolher em todo o estado

há 19 horas atrás
Governo prorroga toque de recolher em todo o estado
PMA de Campo Grande captura serpente da espécie coral em residência
Captura

PMA de Campo Grande captura serpente da espécie coral em residência

há 20 horas atrás
PMA de Campo Grande captura serpente da espécie coral em residência
Novo decreto amplia horário de funcionamento de bares e libera eventos
Cidade

Novo decreto amplia horário de funcionamento de bares e libera eventos

25/02/2021 07:58
Novo decreto amplia horário de funcionamento de bares e libera eventos
Mato Grosso do Sul terá a 1ª indústria de ovo orgânico em pó do Brasil
Produção

Mato Grosso do Sul terá a 1ª indústria de ovo orgânico em pó do Brasil

24/02/2021 10:33
Mato Grosso do Sul terá a 1ª indústria de ovo orgânico em pó do Brasil
Últimas Notícias