Dourados – MS domingo, 19 de setembro de 2021
Dourados
39º max
24º min
Cidades

Alunos ficam sem aula na Agrovila Formosa

30 Mar 2011 - 07h30
Micro-ônibus dos estudantes não consegue circular pelo assentamento - Crédito: Foto: Armando LemanskiMicro-ônibus dos estudantes não consegue circular pelo assentamento - Crédito: Foto: Armando Lemanski
DOURADOS – A má conservação das estradas, aliada às chuvas intensas, tem prejudicado o ano letivo de crianças moradoras no assentamento Agrovila Formosa, no município de Dourados. O escoamento dos pequenos produtores rurais também está afetada.

Criado no final da década de 90, a Agrovila Formosa fica a cerca de 3 quilômetros do distrito de Vila Formosa, em Dourados. Segundo o presidente da associação dos moradores, Armando Lemanski, as estradas do assentamento sempre foram prejudicadas em período de chuvarada. “Só que agora a situação é de calamidade. Estamos praticamente isolados em nossos sítios”, diz o representante dos pequenos produtores rurais.

No local moram aproximadamente 50 famílias, todas elas de produtores rurais. As duas estradas de acesso ao assentamento estão intransitáveis, conforme relata o presidente da Associação. Ontem pela manhã, ele fotografou o “resgate” do micro-ônibus escolar que iria buscar as crianças para levá-las à escola. “Nenhum carro de pequeno porte ou ônibus consegue circular em nossas estradas em períodos de chuva”, diz o morador.

O micro-ônibus só conseguiu sair do assentamento depois que um dos sitiantes o retirou com um trator. “Se a gente contar esses períodos de chuva, as crianças já perderam três semanas de aula. Isso não pode acontecer porque correm o risco de repetir de ano”, questiona Armando Lemanski. Os alunos estudam na Vila Formosa.

O presidente do assentamento disse que não sabe mais a quem recorrer. “Já procurei várias vezes a Prefeitura de Dourados, entre outros órgãos públicos, e até agora não recebemos nenhum tipo de ajuda”, relata o drama.
Ele comenta que os moradores conseguiram doação de cascalho de um grande produtor rural daquela região e dependem agora de máquinas para fazer o serviço. Armando estima que o assentamento tem uma média de três quilômetros de estradas.

Se não bastassem os problemas dos alunos, os sitiantes, na maioria horticultores, estão correndo o risco de perderem a produção por não conseguir escoar os produtos para os supermercados e sacolões de Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo estuda retomada de aulas 100% presenciais em outubro
Cidades

Governo estuda retomada de aulas 100% presenciais em outubro

18/09/2021 15:00
Governo estuda retomada de aulas 100% presenciais em outubro
Carro perde o controle, capota e deixa três crianças feridas na MS-450
Cidades

Carro perde o controle, capota e deixa três crianças feridas na MS-450

18/09/2021 14:00
Carro perde o controle, capota e deixa três crianças feridas na MS-450
Programa ajudou 1,6 mil universitários a conquistar diplomas em Mato Grosso do Sul
Cidades

Programa ajudou 1,6 mil universitários a conquistar diplomas em Mato Grosso do Sul

18/09/2021 11:00
Programa ajudou 1,6 mil universitários a conquistar diplomas em Mato Grosso do Sul
Prefeito vistoria obras de reparos do aterro da lateral da Avenida Presidente Vargas
Dourados

Prefeito vistoria obras de reparos do aterro da lateral da Avenida Presidente Vargas

18/09/2021 09:00
Prefeito vistoria obras de reparos do aterro da lateral da Avenida Presidente Vargas
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Clima

Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado

18/09/2021 07:00
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Últimas Notícias