Dourados – MS sexta, 25 de junho de 2021
Dourados
28º max
17º min
MS

Aeroporto de R$ 15,6 mi é 'retomado' pela natureza

29 Jun 2016 - 07h38
Homem como moto espanta os cavalos na pista do aeroporto de Porto Murtinho, na sexta-feira passada - Crédito: Foto: Edicarlos Oliveira/Arquivo PessoalHomem como moto espanta os cavalos na pista do aeroporto de Porto Murtinho, na sexta-feira passada - Crédito: Foto: Edicarlos Oliveira/Arquivo Pessoal
O aeroporto de Porto Murtinho, na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, vive uma situação de abandono. Inaugurado em 2009 com investimento de R$ 15,6 milhões da União e do governo estadual, o local foi liberado para operação só em 2014, quando a Secretaria de Aviação Civil (SAC) homologou a estrutura e entregou a administração à prefeitura. O prefeito Heitor Miranda dos Santos (PT) nega o abandono e diz que os problemas são pontuais.

A área em torno da pista está tomada pelo mato alto. A única edificação instalada na estrutura e que serviria de apoio para quem chega ao local, já que o aeroporto não tem receptivo, está com várias telhas quebradas e uma parte da cerca caiu, possibilitando o acesso de animais à própria pista do aeródromo, o que acaba colocando em risco a vida de quem se aventura a pousar ou decolar do local. Ao G1 MS:

"Na sexta-feira passada, um produtor rural que ia pousar no aeroporto teve que ligar antes para seus funcionários na cidade e pedir para que eles fossem até o local espantar os animais que estavam na pista, porque senão ele não teria condições de descer com o avião. E eles fizeram isso, entraram com uma caminhonete dentro da pista e tocaram alguns cavalos que estavam lá", afirmou o radialista e vereador Edicarlos Oliveira (PSDB).

"Se ocorreu, faz pouco tempo [queda da cerca] e se animais entraram na pista, foi um caso pontual, não ocorre frequentemente", afirmou, completando que determinaria para que o secretário de Obras do município recuperasse a cerca e providenciasse a limpeza do entorno da pista.

O prefeito reconheceu, entretanto, que o aeroporto não é prioridade para o município. "Somos um município pequeno, não temos como cuidar do aeroporto, para isso precisamos de uma parceria com a iniciativa privada para transformar a estrutura em um aeródromo para o Mercosul, o que vai alavancar o turismo e a economia da região. Enquanto não conseguimos isso fica difícil. Temos que priorizar investimentos em áreas como saúde e educação", admitiu Heitor Miranda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS vai receber 150 mil doses da vacina da Janssen para estudo de vacinação em massa de 13 municípios de fronteira
Cidades

MS vai receber 150 mil doses da vacina da Janssen para estudo de vacinação em massa de 13 municípios de fronteira

24/06/2021 12:00
MS vai receber 150 mil doses da vacina da Janssen para estudo de vacinação em massa de 13 municípios de fronteira
Governo do Estado inicia pavimentação na MS-477 em Dourados
Infraestrutura

Governo do Estado inicia pavimentação na MS-477 em Dourados

24/06/2021 11:00
Governo do Estado inicia pavimentação na MS-477 em Dourados
Número de focos de calor no Pantanal cai 87,22% de janeiro a junho com ações do Governo de MS
MS

Número de focos de calor no Pantanal cai 87,22% de janeiro a junho com ações do Governo de MS

24/06/2021 07:00
Número de focos de calor no Pantanal cai 87,22% de janeiro a junho com ações do Governo de MS
Quinta-feira de tempo firme e grande amplitude térmica
Tempo

Quinta-feira de tempo firme e grande amplitude térmica

24/06/2021 06:00
Quinta-feira de tempo firme e grande amplitude térmica
Governo amplia participação no Comitê Gestor do Prosseguir para dar pluralidade no debate das ações de combate ao Covid-19
Pandemia

Governo amplia participação no Comitê Gestor do Prosseguir para dar pluralidade no debate das ações de combate ao Covid-19

23/06/2021 17:00
Governo amplia participação no Comitê Gestor do Prosseguir para dar pluralidade no debate das ações de combate ao Covid-19
Últimas Notícias