Dourados – MS sábado, 23 de outubro de 2021
Dourados
28º max
20º min
Ranking Valor Econômico
Golpe

Advogada e marido são presos em MS após simularem furto de veículos para aplicar golpe do seguro

Imagens de câmeras de segurança do casal ajudaram a polícia a descobrir o golpe

17 Set 2021 - 14h45Por G1
Advogada e marido são presos em MS após simularem furto de veículos para aplicar golpe do seguro - Crédito: Divulgação/Polícia Civil Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Uma advogada e o marido, vindos do Paraná, foram presos em Ponta Porã, nesta quinta-feira (17) após simularem o furto de dois veículos, uma caminhonete e um carro de passeio, para aplicarem o golpe do seguro.

Segundo o registro policial, a advogada tem 27 anos e o marido, que está em regime semiaberto por pena de tráfico de drogas, 39 anos. Eles estavam com um bebê de cinco meses quando foram presos. A criança foi entregue ao Conselho Tutelar.

De acordo com a polícia, o casal alugou uma caminhonete em Naviraí, também em Mato Grosso do Sul, por meio de um aplicativo. Eles levaram o veículo para o Paraguai e ainda deixaram um carro, que estava em nome da mulher, para ser levado.

Depois, deram queixa de furto, para, conforme a polícia, aplicar o golpe do seguro. Horas mais tarde, porém, o dono da empresa que locou a caminhonete procurou a Polícia Civil e o golpe acabou sendo descoberta, com a localização de várias imagens de câmeras de segurança do casal.

Segundo a polícia, existem registros de boa parte da movimentação do casal em Ponta Porã, fronteira seca, com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Eles aparecem com a criança no colo pegando a chave da camionete, deixando o veículo na linha internacional, e voltando a pé.


A dupla, conforme foi apurado, fez uma cópia da chave do carro, para entregar ao comprador paraguaio. A entrega também foi filmada.

Quando foram localizados, estavam com R$ 38, 6 mil em dinheiro, guardados na sacola com os pertences do bebê. O homem, ao ser abordado, tentou, ainda, se passar pelo irmão gêmeo

Eles foram presos por furto, estelionato, falsidade ideológica e falsa comunicação de crime. A OAB em Ponta Porã acompanha o caso, por envolver uma advogada.

À Polícia, ela disse não saber dos planos do marido. A alegação apresentada era de que fariam uma viagem de passeio a Bonito, mas sequer foram para a cidade turística.

No depoimento à Polícia Civil, ele disse que fez tudo para quitar uma dívida referente à droga que perdeu quando foi preso. O casal veio de Londrina, no Paraná.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após cinco anos em queda, número de empresas no Brasil cresceu em 2019
Cidades

Após cinco anos em queda, número de empresas no Brasil cresceu em 2019

22/10/2021 17:00
Após cinco anos em queda, número de empresas no Brasil cresceu em 2019
Presidente da 4ª Subseção da OAB encerra gestão com mais de 70% de aprovação
Dourados

Presidente da 4ª Subseção da OAB encerra gestão com mais de 70% de aprovação

22/10/2021 13:00
Presidente da 4ª Subseção da OAB encerra gestão com mais de 70% de aprovação
Para segurança e retomada da economia, MS já disponibilizou 1,4 milhão de vacinas para trabalhadores
Saúde

Para segurança e retomada da economia, MS já disponibilizou 1,4 milhão de vacinas para trabalhadores

22/10/2021 12:00
Para segurança e retomada da economia, MS já disponibilizou 1,4 milhão de vacinas para trabalhadores
Professores de Dourados são homenageados na Assembleia Legislativa
Homenagem

Professores de Dourados são homenageados na Assembleia Legislativa

22/10/2021 10:00
Professores de Dourados são homenageados na Assembleia Legislativa
MS é um dos quatro estados do país que não registra mortes por Covid-19 nos últimos dias
Cidades

MS é um dos quatro estados do país que não registra mortes por Covid-19 nos últimos dias

22/10/2021 08:00
MS é um dos quatro estados do país que não registra mortes por Covid-19 nos últimos dias
Últimas Notícias