Dourados – MS terça, 04 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
FRONTEIRA

Ação de auditores da Receita causa fila na fronteira

14 Jul 2016 - 15h50
Servidor da Receita Federal observa longa fila de veículos na estrada que dá acesso ao posto Esdras, em Corumbá - Crédito: Foto: Hermano Toscano/Arquivo PessoalServidor da Receita Federal observa longa fila de veículos na estrada que dá acesso ao posto Esdras, em Corumbá - Crédito: Foto: Hermano Toscano/Arquivo Pessoal
A operação Padrão promovida pelos funcionários da Receita Federal em todo o país nesta quinta-feira (14), provocou a formação de uma longa fila e várias horas de espera para quem tinha que passar pelo posto aduaneiro Esdras, fronteira do Brasil com a Bolívia, em Corumbá, a 415 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco), a manifestação acontecerá duas vezes por semana, às terças e quintas, em resposta ao atraso do governo federal em enviar um projeto de lei ao Congresso para reajustar os salários da categoria.

De acordo com o auditor fiscal, Hermano Toscano, alguns serviços como a vigilância e a repressão ao tráfico e ao contrabando, atendimento ao contribuinte foram suspensos nesta quinta-feira. O efetivo do posto, que é de apenas dois servidores por plantão, foi reforçado com auditores e analistas para a operação Padrão.

Em média passam pelo local, conforme o auditor, entre mil e dois mil veículos por dia e apesar da grande movimentação, a fiscalização que é feita por amostragem, não provoca a formação de filas. Na operação desta quinta, todos os veículos e pessoas que estão passando pelo local estão sendo fiscalizados. O tempo de espera na fila está entre uma e duas horas.

A espera fez com a fila passasse a ocupar mais de uma faixa da estrada que leva até o posto, causando além do congestionamento, uma grande confusão no trânsito o que levou até mesmo alguns condutores a desistirem de tentar atravessar a fronteira.

Já em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai, auditor fiscal da Receita Federal do Brasil e inspetor chefe substituto da Inspetoria da Receita Federal no município, Marcial Cézar Marques Pinazo, conta que como houve ampla divulgação de que o movimento ocorreria em dias pré estipulados, terças e quintas-feiras, as pessoas que precisam utilizar os serviços do órgão se organizaram para encaminhar as demandas previamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia Ambiental recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes
Campo Grande

Polícia Ambiental recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes

há 1 minuto atrás
Polícia Ambiental recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes
Saúde realiza testes rápidos de hepatites virais
Dourados

Saúde realiza testes rápidos de hepatites virais

há 31 minutos atrás
Saúde realiza testes rápidos de hepatites virais
MATO GROSSO DO SUL

Mulher que teve atestado de aborto errado não consegue indenização na justiça

04/08/2020 11:02
Travesti que roubou motorista de aplicativo é presa
Dourados

Travesti que roubou motorista de aplicativo é presa

04/08/2020 09:06
Travesti que roubou motorista de aplicativo é presa
Jovem quebra quarto de motel e acaba sendo detido nu pela polícia
Dourados

Jovem quebra quarto de motel e acaba sendo detido nu pela polícia

04/08/2020 08:34
Jovem quebra quarto de motel e acaba sendo detido nu pela polícia
Últimas Notícias