Dourados – MS sábado, 22 de junho de 2024
20º
Meu Detran
JUSTIÇA

STF: estados têm 72 horas para apresentar ações de combate à covid-19

Decisão é para estados que estão com dívidas com União suspensas

07 Abr 2020 - 19h34Por Agência Brasil
STF: estados têm 72 horas para apresentar ações de combate à covid-19 - Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de 72 horas para os estados que tiveram dívidas suspensas com o governo federal apresentem as ações que já foram adotadas e quais as que estão em planejamento, com o uso da verba pública que seria destinada ao pagamento das parcelas suspensas, no combate ao novo coronavírus (covid-19).

Desde o mês passado, o ministro autorizou 16 estados a suspenderem o pagamento de dívidas com a União desde que os valores das parcelas sejam aplicados na saúde.

“Oficie-se ao Estado-Autor, para que informe, no prazo máximo de 72 horas, quais as ações que já foram adotadas e quais as que estão em planejamento, com o uso da verba pública que seria destinada ao pagamento das parcelas suspensas, devendo indicar as rubricas orçamentárias específicas no montante exato, bem como a data em que os valores liberados serão disponibilizados no orçamento. O estado deverá, impreterivelmente, prestar referidas informações a cada 15 dias”, decidiu o ministro.

Até o momento, tiveram as dívidas suspensas os estados de São Paulo, Bahia, Maranhão, Paraná, Paraíba, Santa Catarina, Pernambuco, Pará, Acre, Espírito Santo, Amazonas, Alagoas, Rondônia, Mato Grosso , Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Norte.

Apesar da decisão do ministro, as dívidas de todos os estados com a União estão suspensas desde 23 de março, quando o presidente Jair Bolsonaro anunciou a suspensão do pagamento das parcelas e auxílio financeiro para ajudar os estados no combate à covid-19.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fachin vota para reconhecer que escolas devem combater discriminações
Justiça

Fachin vota para reconhecer que escolas devem combater discriminações

21/06/2024 22:15
Fachin vota para reconhecer que escolas devem combater discriminações
STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS
Justiça

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

21/06/2024 21:30
STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS
Dona Celeste, mãe de Pelé, morre aos 101 anos de idade
Santos

Dona Celeste, mãe de Pelé, morre aos 101 anos de idade

21/06/2024 20:30
Dona Celeste, mãe de Pelé, morre aos 101 anos de idade
Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
Aplicativo

Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses

21/06/2024 20:00
Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
8/1: Moraes vota para condenar réu que destruiu relógio a 17 anos
Justiça

8/1: Moraes vota para condenar réu que destruiu relógio a 17 anos

21/06/2024 19:15
8/1: Moraes vota para condenar réu que destruiu relógio a 17 anos
Últimas Notícias