Dourados – MS sábado, 22 de junho de 2024
20º
Meu Detran
Justiça

Powerpoint leva STF a manter indenização de Deltan para Lula

Decisão foi por unanimidade

11 Jun 2024 - 17h45Por André Richter, Agência Brasil - Brasília
Powerpoint leva STF a manter indenização de Deltan para Lula
 - Crédito: Antônio Cruz/Agência Brasil Crédito: Antônio Cruz/Agência Brasil

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) manteve nesta terça-feira (11), em Brasília, decisão que condenou o ex-procurador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, a indenizar em R$ 75 mil o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo “caso do powerpoint”.

Por unanimidade, o colegiado decidiu manter a decisão individual da ministra Cármen Lúcia, que também rejeitou a anulação da condenação. A votação ocorreu no plenário virtual.  

A decisão da turma foi obtida com placar unânime. Além de Carmen Lúcia, os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux e Flávio Dino também votaram para manter a indenização. O ministro Cristiano Zanin não participou da votação e se declarou impedido.

Acusação

Em 2016, então chefe da força-tarefa da Lava Jato, Dallagnol fez uma apresentação de powerpoint para acusar Lula, que era investigado pela operação, de chefiar uma organização criminosa. Posteriormente, os processos foram anulados após o STF considerar o ex-juiz Sergio Moro parcial na condução da investigação.

Em março de 2022, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou Deltan Dallagnol ao pagamento de R$ 75 mil em danos morais a Lula.

Na ocasião, Cristiano Zanin, ex-advogado de Lula e atual ministro do STF, questionou a conduta funcional de Dallagnol. Segundo ele, o ex-procurador e outros integrantes da Lava Jato usaram a apresentação de powerpoint para acusar o ex-presidente de atuar como “comandante e maestro de uma organização criminosa.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fachin vota para reconhecer que escolas devem combater discriminações
Justiça

Fachin vota para reconhecer que escolas devem combater discriminações

21/06/2024 22:15
Fachin vota para reconhecer que escolas devem combater discriminações
STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS
Justiça

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

21/06/2024 21:30
STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS
Dona Celeste, mãe de Pelé, morre aos 101 anos de idade
Santos

Dona Celeste, mãe de Pelé, morre aos 101 anos de idade

21/06/2024 20:30
Dona Celeste, mãe de Pelé, morre aos 101 anos de idade
Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
Aplicativo

Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses

21/06/2024 20:00
Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
8/1: Moraes vota para condenar réu que destruiu relógio a 17 anos
Justiça

8/1: Moraes vota para condenar réu que destruiu relógio a 17 anos

21/06/2024 19:15
8/1: Moraes vota para condenar réu que destruiu relógio a 17 anos
Últimas Notícias