Dourados – MS segunda, 27 de maio de 2024
13º
Brasil

Perito do INSS escreve 'bla, bla, bla' ao negar auxílio-doença para serralheiro

14 Mai 2024 - 16h30Por Gabriela Macêdo, g1 Goiás
Perito do INSS escreve 'bla, bla, bla' ao negar auxílio-doença para serralheiro -

Pedido de auxílio-doença de trabalhador, em Goiânia — Foto: Reprodução

O g1 pediu um posicionamento ao INSS, mas não obteve retorno até a última atualização deste texto. A reportagem também não conseguiu localizar o perito responsável por preencher o documento para se posicionar até a última atualização desta matéria.

 

Auxílio-doença negado

O primeiro documento do caso em que o g1 teve acesso é de 2022. Na ocasião, o serralheiro contou que faz uso de bebida alcóolica desde os 12 anos e relatou o agravamento dessa dependência química, com surgimento de ansiedade e insônia.

Ainda segundo o documento, o relato sobre o histórico do homem diz que o uso de medicamentos promoveu melhora no quadro de ansiedade e insônia do homem.

O quadro do trabalhador foi descrito como de “alcoolismo crônico”. Já no pedido de 2023, o homem relatou estar com abstinência do álcool há três meses.

Nos dois pedidos, o resultado recebido pelo serralheiro foi a inexistência de “incapacidade laborativa”, impedindo que fosse concedido o auxílio-doença. Nas duas ocasiões, o campo de “considerações”, que justifica a negativa, conta com sete linhas de repetidos “blá, blá, bla”.

Nota da OAB-GO na íntegra:

 

“A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO), por meio de sua Comissão de Direito Previdenciário (CDPrev), informa que recebeu informações sobre a negativa de concessão de auxílio-doença pelo INSS e a questionável justificativa do perito responsável exposta no laudo pericial. Diante disso, a Seccional imediatamente levou o caso ao conhecimento da Perícia Médica Federal em Goiás, que se comprometeu a identificar o responsável pela avaliação e encaminhar o documento à Corregedoria da instituição.

A OAB-GO reitera seu compromisso com a defesa dos direitos da cidadania e permanece vigilante para assegurar que casos como este sejam devidamente esclarecidos e os direitos dos segurados respeitados.”

 

Confira o vídeo:

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com baixa capacidade adaptativa para desastres, municípios correm riscos
Alerta

Com baixa capacidade adaptativa para desastres, municípios correm riscos

26/05/2024 20:30
Com baixa capacidade adaptativa para desastres, municípios correm riscos
Rapper denuncia racismo ambiental no contexto da tragédia
Rio Grande do Sul

Rapper denuncia racismo ambiental no contexto da tragédia

26/05/2024 20:00
Rapper denuncia racismo ambiental no contexto da tragédia
STF prorroga cotas raciais em concursos até Congresso votar nova lei
Justiça

STF prorroga cotas raciais em concursos até Congresso votar nova lei

26/05/2024 19:30
STF prorroga cotas raciais em concursos até Congresso votar nova lei
Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade
Justiça

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

26/05/2024 19:00
Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade
Número de mortes causadas pelas chuvas no RS sobe para 169
Enchentes

Número de mortes causadas pelas chuvas no RS sobe para 169

26/05/2024 16:30
Número de mortes causadas pelas chuvas no RS sobe para 169
Últimas Notícias