Dourados – MS terça, 27 de fevereiro de 2024
25º
IPVA parcela 2
Justiça

Maioria do STF vota para levar julgamento de políticos para turmas

Mudança é analisada em sessão administrativa virtual da Corte

07 Dez 2023 - 18h45Por André Richter, Agência Brasil - Brasília
Maioria do STF vota para levar julgamento de políticos para turmas - Crédito: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil Crédito: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta quinta-feira (7) para transferir o julgamento ações penais e inquéritos contra parlamentares para as duas turmas da Corte.

Com o entendimento, os processos criminais contra o presidente da República, o vice-presidente, deputados, senadores e ministros de Estado deixarão de ser julgados pelo plenário do Supremo.

A alteração no regimento interno do Supremo para permitir a mudança é avaliada em sessão administrativa virtual da Corte, que será finalizada na noite de hoje.

De acordo com a proposta de alteração feita pelo presidente do STF, ministro Luís Roberto Barroso, a transferência dos julgamentos para as duas turmas do tribunal permitirá acelerar a análise de processos, incluindo as ações penais envolvendo os atos golpistas de 8 de janeiro.

"Episódios de graves ataques às instituições e à democracia, que culminaram na invasão e depredação das sedes dos Três Poderes da República, no dia 8 de janeiro de 2023, trouxeram de volta ao tribunal o panorama de excesso de processos e de possível lentidão na sua tramitação e julgamento", justificou o presidente.

O entendimento favorável à mudança foi seguido pelos ministros Edson Fachin, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Cristiano Zanin e Alexandre de Moraes. Faltam os votos de quatro ministros.

Além do plenário, o STF é composto por duas turmas, formadas por cinco ministros cada uma. O presidente da Corte não participa dos colegiados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Central de Atendimento à Mulher recebeu 1.558 ligações por dia em 2023
Direitos humanos

Central de Atendimento à Mulher recebeu 1.558 ligações por dia em 2023

27/02/2024 18:00
Central de Atendimento à Mulher recebeu 1.558 ligações por dia em 2023
TIVIT expande a sua oferta no mercado de crédito com inclusão da IA generativa Athena e
Brasil

TIVIT expande a sua oferta no mercado de crédito com inclusão da IA generativa Athena e

27/02/2024 15:00
TIVIT expande a sua oferta no mercado de crédito com inclusão da IA generativa Athena e

Conttmaf, Sindmar e FUP debatem aumento da frota de navios com diretores da Petrobrás
Brasil

Conttmaf, Sindmar e FUP debatem aumento da frota de navios com diretores da Petrobrás

27/02/2024 09:30

Conttmaf, Sindmar e FUP debatem aumento da frota de navios com diretores da Petrobrás
Moraes volta a defender regulamentação das redes sociais
Justiça

Moraes volta a defender regulamentação das redes sociais

26/02/2024 23:00
Moraes volta a defender regulamentação das redes sociais
Chefe da ONU alerta para crescente insegurança global e estagnação no Conselho de Segurança
Direitos humanos

Chefe da ONU alerta para crescente insegurança global e estagnação no Conselho de Segurança

26/02/2024 22:30
Chefe da ONU alerta para crescente insegurança global e estagnação no Conselho de Segurança
Últimas Notícias