Dourados – MS sexta, 30 de outubro de 2020
Dourados
26º max
18º min
Influx
Brasil

Funcionário de empresa elétrica é assassinado após realizar corte de energia por inadimplência

30 Set 2020 - 09h15Por Nathana Pereira
Funcionário de empresa elétrica é assassinado após realizar corte de energia por inadimplência - Crédito: Reprodução/WhatsApp Crédito: Reprodução/WhatsApp

Por volta das 16h desta terça-feira (29), um funcionário da companhia elétrica localizada na cidade de Limoeiro-PE foi morto após realizar suspensão do fornecimento legal de energia de um cliente que estava inadimplente.

Segundo informações da polícia, dois funcionários chegaram à fazenda do suspeito e ao informar que realizariam o corte, perceberam a insatisfação do fazendeiro, assim que finalizaram o desligamento, o homem desferiu um disparo de arma de fogo contra os eletricistas, atingindo um deles e o matando no local. 

Após o disparo, o fazendeiro ainda obrigou o outro eletricista a religar a energia e o forçou a entrar no porta-malas do veículo da companhia de energia elétrica apontando a arma para ele.

O funcionário morto foi identificado como José Reginaldo de Santana Júnior, de 31 anos, morador da cidade de Carpina, na Zona da Mata Norte do estado de Pernambuco.

A Polícia Civil informou por meio de nota que o crime foi registrado na Delegacia de Homicídios de Limoeiro e está sendo investigado pelo delegado local.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
Brasil

Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra

29/10/2020 17:33
Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
Projeto prevê uso de cartões de crédito para pagamento de pedágios
Brasil

Projeto prevê uso de cartões de crédito para pagamento de pedágios

29/10/2020 13:11
Projeto prevê uso de cartões de crédito para pagamento de pedágios
Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 52 milhões
Fezinha

Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 52 milhões

29/10/2020 11:23
Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 52 milhões
Governo quer revogar 1.220 atos normativos editados entre 1850 e 2018
Brasil

Governo quer revogar 1.220 atos normativos editados entre 1850 e 2018

29/10/2020 10:15
Governo quer revogar 1.220 atos normativos editados entre 1850 e 2018
Brasil

Decreto sobre privatização do SUS é revogado

29/10/2020 08:45
Últimas Notícias