Dourados – MS terça, 14 de julho de 2020
Dourados
25º max
17º min
Respeito à Vida/ALMS (Ramal)
Eleições

Congresso vai apresentar ao TSE sugestões sobre datas das eleições municipais

28 Mai 2020 - 11h34Por Agência Senado

O senador Weverton (PDT-MA) informou que o Congresso Nacional vai apresentar algumas opções ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação às eleições municipais deste ano. Em rápida entrevista após a ordem do dia desta quarta-feira (27), ele confirmou que fará parte da comitiva que visita o tribunal na sexta-feira (29). De acordo com Weverton, será uma visita de cortesia ao novo presidente do TSE, Luís Barroso. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, vão conduzir a visita.

Weverton disse que um possível adiamento das eleições por conta da pandemia de covid-19 ainda será discutido no Congresso, mas afirmou que algumas opções serão levadas ao TSE. Uma delas, segundo ele, é adiar as eleições conforme orientação das autoridades médicas. Assim, um estado poderia realizar as eleições na data prevista (primeiro e último domingo de outubro), enquanto outro estado poderia realizá-las em novembro ou dezembro, de acordo com a situação da pandemia na respectiva região.

Outra opção seria adiar as votações para o mês de novembro para todos os estados. Isso levaria à prorrogação dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores. Segundo Weverton, no período de uma semana seria possível votar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) com esse objetivo na Câmara e no Senado e também promulgá-la, para que as mudanças tenham efeito antes da data de 20 de julho — quando começam as convenções partidárias. Ele fez questão de ressaltar, porém, que essa discussão não está fechada.

— São apenas opções. Hoje, existe uma decisão política no Senado: o colégio de líderes só vai decidir o tema no dia 30 de junho — disse.

Salário mínimo
Weverton classificou a medida provisória do salário mínimo (MP 919/2020) como “importantíssima”. A MP, que fixa o valor do salário mínimo em R$ 1.045,00, foi aprovada nesta quarta-feira na forma de um projeto de lei de conversão, sob relatoria do senador Paulo Paim (PT-SP). Weverton declarou que, neste momento difícil de pandemia, é preciso reafirmar a política de correção do salário mínimo.

— Foi um brilhante trabalho do senador Paim, que é um dos senadores que tem mais afinidade com o tema. É uma matéria que une a todos, governo e oposição, porque é uma matéria a favor, de verdade, do trabalhador — afirmou ele no momento em que presidia a sessão desta quarta-feira. 

Fake News
O senador ainda defendeu a votação urgente do projeto de lei que trata das fake news (PL 2.630/2020). A votação dessa proposta, de autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), está prevista para a próxima semana. Para Weverton, é necessário que o Brasil enfrente a questão da disseminação das notícias falsas. Ele disse que o projeto vem em boa hora, pois é preciso ser intolerante com quem mente para a população e com quem destrói reputações.

— Quem espalha mentira fabrica morte, fabrica desesperança e fabrica dias muito nebulosos para o país — alertou.

Fonte: Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

Segundo infectologista, Ivermectina causou queda nos atendimentos por Covid em Natal
Saúde

Segundo infectologista, Ivermectina causou queda nos atendimentos por Covid em Natal

14/07/2020 14:01
Segundo infectologista, Ivermectina causou queda nos atendimentos por Covid em Natal
Correios lançam selo em homenagem ao Postcrossing
Brasil

Correios lançam selo em homenagem ao Postcrossing

14/07/2020 13:31
Correios lançam selo em homenagem ao Postcrossing
Fiocruz desenvolve sistema de tratamento de ar emergencial para UTIs
Saúde

Fiocruz desenvolve sistema de tratamento de ar emergencial para UTIs

14/07/2020 13:02
Fiocruz desenvolve sistema de tratamento de ar emergencial para UTIs
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
Desmatamento

Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica

13/07/2020 18:34
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
Governo zera tarifas de 34 medicamentos usados no combate à covid-19
Covid-19

Governo zera tarifas de 34 medicamentos usados no combate à covid-19

13/07/2020 17:35
Governo zera tarifas de 34 medicamentos usados no combate à covid-19
Últimas Notícias