Dourados – MS segunda, 19 de novembro de 2018
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Teatro

Espetáculo que funde dança, poesia e cinema vem à Capital

15 Jun 2018 - 07h00
Imagens de cinema se fundem com os bailarinos no espetáculo “Cão Sem Plumas” que será encenado em Campo Grande - Crédito: Foto: Dayvison NunesImagens de cinema se fundem com os bailarinos no espetáculo “Cão Sem Plumas” que será encenado em Campo Grande - Crédito: Foto: Dayvison Nunes
A renomada bailarina e coreógrafa Deborah Colker, que recebeu, no último dia 5, um dos maiores prêmios de sua carreira, o Benois de La Dance, pelo espetáculo "Cão Sem Plumas", baseado no livro homônimo do poeta João Cabral de Melo Neto, traz a peça para Campo Grande neste final de semana, no Teatro Glauce Rocha, onde vai mostrar as dificul-dades do sertão nordestino cantadas em versos e interpretadas em dança, tendo com pano de fundo imagens cinematográficas captadas no Nordeste brasileiro. A peça, uma produção da Deborah Colker Cia de Dança, que estreou em Recife (PE), no ano passado, já foi apresentada em palcos de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e outras cidades do país e traz de volta a bailarina e coreógrafa à Capital depois de 18 anos, para apresentar seu mais recente espetáculo, que conta com imagens de cinema produzidas no sertão nordestino pela própria Deborah e pelo cineasta pernambucano Claudio Assis, as quais são projetadas como fundo para a interpretação do corpo de bailarinos da companhia de dança. Inspirado na obra do po-eta pernambucano, publicada em 1950, os bailarinos acompanham o poema no percurso do rio Capibaribe, que corta boa parte daquele estado e que mostra a pobreza da população ribeirinha, o descaso das elites, a vida no mangue, de "força invencível e anônima". A imagem do "cão sem plumas" serve para o rio e para as pessoas que vivem no seu entorno, explica a premiada coreógrafa. "O espetáculo é sobre coisas inconcebíveis, que não deveriam ser permitidas. É contra a ignorância humana. Destruir a natureza, as crianças, o que é cheio de vida", afirma Deborah. Para construir um bicho-homem, conceito que é base de toda a coreografia, a artista não se baseou apenas em manifestações que são fortes em Pernambuco, como maracatu e coco. Também se valeu de samba, jongo, kuduro e outras danças populares. "Minha história é uma história de misturas", destaca. Em "Cão Sem Plumas", Deborah reúne aspectos de toda a sua carreira. "Cabem a elegância do clássico, a lama das raízes e o olhar contemporâneo. O nome disso é João Cabral", diz a bailarina e produtora da peça. No espetáculo, a dança se mistura com o cinema, com cenas projetadas no fundo do palco e que dialogam com os corpos dos bailarinos. O espetáculo será apresentado no sábado e domingo, no Teatro Glauce Rocha, na Capital, com produção local da diretora e atriz Andrea Freire. Segundo ela, a Companhia, com a qual já havia produzido há alguns anos, entrou em contato para propor a apresentação da temporada do espetáculo em Campo Grande, onde Deborah esteve há 18 anos. "É uma grande Companhia de dança e o público a Capital terá a oportunidade rara de assistir a um espetáculo com essa qualidade e categoria", ressalta Andrea, feliz pela oportunidade e com a certeza de um grande público para as duas sessões no Glauce Rocha. No sábado, o espetáculo será apresentado às 21h e, no domingo, às 20h. Os ingressos já estão à venda na Livraria LeParole, na rua Euclides da Cunha, 1126, no Jardim dos Estados e ainda pelo site www.ativaingressos.com.br. Reconhecida internacionalmente, Deborah recebeu em 2001 o Laurence Olivier Award na categoria Oustan-ding Achievement in Dance (realização mais notável em dança no mundo). Em 2009, criou um espetáculo para o Cirque de Soleil, "Ovo". Em 2016, foi a diretora de movimento da coreografia de abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro e, no dia 5 deste mês, recebeu da Academia russa o prêmio Benois de La Dance, uma das maiores premiações da dança mundial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mickey e Minnie Mouse chegam aos 90 anos como ícones da cultura popular
Ícones

Mickey e Minnie Mouse chegam aos 90 anos como ícones da cultura popular

19/11/2018 14:30
Mickey e Minnie Mouse chegam aos 90 anos como ícones da cultura popular
Justiça do Trabalho ganha Memorial para resgatar e preservar história de Mato Grosso do Sul
Memória

Justiça do Trabalho ganha Memorial para resgatar e preservar história de Mato Grosso do Sul

19/11/2018 13:00
Justiça do Trabalho ganha Memorial para resgatar e preservar história de Mato Grosso do Sul
Horóscopo do Dia
VARIEDADES

Horóscopo do Dia

19/11/2018 06:55
Horóscopo do Dia
Campanha Papai Noel dos Correios começa oficialmente dia 19 de novembro em MS
Fazer o bem

Campanha Papai Noel dos Correios começa oficialmente dia 19 de novembro em MS

14/11/2018 15:30
Campanha Papai Noel dos Correios começa oficialmente dia 19 de novembro em MS
Horóscopo chinês 2019: veja como será o ano do porco
Ano do Porco

Horóscopo chinês 2019: veja como será o ano do porco

14/11/2018 15:00
Horóscopo chinês 2019: veja como será o ano do porco
Últimas Notícias