Dourados – MS quarta, 15 de agosto de 2018
Fora do prazo

Juiz-auxiliar do TRE multa candidato de MS por propaganda fora da hora

Segundo o juiz-auxiliar, outdoor com dizeres, imagem e logo do partido do candidato configuraram propaganda fora de época

07 Ago 2018 - 14h17Por Da Redação, com o Campo Grande News
Anúncio da assinatura de filiação de Odilon virou outdoor em cidades de MS - Crédito: DivulgaçãoAnúncio da assinatura de filiação de Odilon virou outdoor em cidades de MS - Crédito: Divulgação

O juiz-auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, Alexandre Branco Pucci, condenou o candidato ao Governo do Estado, o juiz Odilon Oliveira (PDT) a pagar multa de R$ 31,5 mil por propaganda eleitoral antecipada.

A denúncia foi feita pela Procuradoria Regional Eleitoral após o PDT divulgar na fase de pré-campanha, em Campo Grande e cidades do interior, outdoors com a foto do juiz e o anúncio “Vem comigo! 11 de Novembro – Filiação do Juiz Odilon”.

Para a procuradoria, a mensagem tinha a finalidade de pedir votos. “O que pode ser extraído especialmente da proporção da imagem do candidato em relação ao tamanho do outdoor, ao lado do símbolo do Partido e que por suas próprias circunstâncias – dimensão, utilização da imagem do então pré-candidato, inserção em local de grande fluxo de pessoas e a proximidade do pleito – conclui-se que a mensagem não teve outra finalidade senão a de captação de sufrágio”.

Além de ser proibido pedir votos nesta fase, a procuradoria destacou que esse modelo de painel publicitário é proibido na propaganda dos candidatos.

A empresa responsável por fazer o serviço informou que foi contratada pelo PDT, ao custo de R$ 27 mil para exposição de 30 outdoors, no período, de 30 de outubro a 12 de novembro de 2017. A título de bonificação, houve exibição de três painéis de LED em 11 de novembro, com valor de R$ 4.500, conforme foi publicado pelo site Campo Grande News.

À Justiça Eleitoral, o PDT alegou que os outdoors não foram propaganda eleitoral antecipada, ante a ausência de pedido de voto, e não houve abuso do poder econômico.

“Houve, portanto, benefício eleitoral ao representado, tanto pela divulgação de sua imagem, como por sua associação à legenda partidária, haja vista o fato de que o reconhecimento social do representado Odilon Oliveira é grande. Descabe, igualmente, falar em manifestação espontânea do pensamento, na medida em que a publicidade foi divulgada por iniciativa e às expensas dos representados, conforme demonstrou a representante e admitiram os próprios representados, sendo evidente o escopo de auto-promoção”, afirma o juiz.

A multa para propaganda eleitoral antecipada vai de R$ 5 mil a R$ 25 mil; ou o equivalente ao custo da propaganda, quando acima dos R$ 25 mil. No caso de Odilon, a multa foi de R$ 31.500, valor total dos painéis.

Odilon Oliveira e a direção do PDT vão recorrer da decisão. Conforme a assessoria de imprensa do candidato e do partido, as defesas alegam que há contradições e omissões na decisão de Pucci, que necessitam ser esclarecidas. Ainda segundo o PDT, o TRE já decidiu a favor de outro candidato em situação idêntica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pesquisa mostra Reinaldo Azambuja na liderança das intenções de voto
Eleições 2018

Pesquisa mostra Reinaldo Azambuja na liderança das intenções de voto

13/08/2018 08:21
Pesquisa mostra Reinaldo Azambuja na liderança das intenções de voto
Simone Tebet desiste de concorrer ao governo de MS
Eleições 2018

Simone Tebet desiste de concorrer ao governo de MS

13/08/2018 08:12
Simone Tebet desiste de concorrer ao governo de MS
Morre em Campo Grande o ex-vereador de Dourados Zé do Itahum
Dourados

Morre em Campo Grande o ex-vereador de Dourados Zé do Itahum

10/08/2018 16:25
Morre em Campo Grande o ex-vereador de Dourados Zé do Itahum
Em debate morno, candidatos ainda se mostram perdidos em relação a alguns temas
Eleições 2018

Em debate morno, candidatos ainda se mostram perdidos em relação a alguns temas

10/08/2018 09:32
Em debate morno, candidatos ainda se mostram perdidos em relação a alguns temas
Dourados tem pelo menos 13 candidatos à deputado federal e 18 a estadual divididos entre 13 partidos
Vai começar

Dourados tem pelo menos 13 candidatos à deputado federal e 18 a estadual divididos entre 13 partidos

07/08/2018 19:35
Dourados tem pelo menos 13 candidatos à deputado federal e 18 a estadual divididos entre 13 partidos
Últimas Notícias