Dourados – MS sexta, 16 de novembro de 2018
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Crime de ódio e latrocínio

Polícia Civil apresenta acusados de matar cabelereiro em Dourados

27 Ago 2018 - 10h45Por da Redação
Polícia Civil apresenta acusados de matar cabelereiro em Dourados - Crédito: Hedio Fazan Crédito: Hedio Fazan

Na manhã desta segunda-feira (27) foram apresentados pela Polícia Civil de Dourados os três responsáveis pelo homicídio do cabelereiro Heberson Junior Cavalcante, de 29 anos, morador em Campo Grande.

Josimar da Silva Lemos, de 30 anos, que teria desferido as facadas; Marcos Vicente Ciargolo, de 23 anos, que atraiu a vítima que foi abordada numa distribuidora de bebidas; e Wellinton Cardoso, de 29 anos, morador em Caarapó, que teria levado o carro roubado para o Paraguai. Os três homens foram presos pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil na sexta-feira (24/8). 

Marcos teria atraído o cabeleireiro e o levado até o cativeiro, na rua Maipu, no Jardim Carisma. Wellington ficou responsável em levar o Ford Fiesta de Heberson até Capitan Bado, no Paraguai para entregar a uma pessoa a qual não citou o nome. 

Ambos disseram que não tinham a intenção de matar o rapaz e Marcos ainda afirmou ter ficado ‘apavorado’ ao ver o comparsa esfaqueando a vítima. 

O delegado do Serviço de Investigações Gerais, Rodolfo Daltro, diz que o trio não conhecia a vítima. "O que ficou no cativeiro agrediu a vítima no rosto, antes de perfurá-lo com uma faca", afirmou o delegado. O terceiro suspeito negociou a venda do carro por telefone.

O delegado disse ainda que ao dar início às investigações, descobriu que o veículo teria sido levado até a região de fronteira por Wellington e posteriormente chegou aos outros nomes.

Crime de Ódio

De acordo com o delegado, Josimar se mostrou ‘frio’ em relação ao caso no depoimento e informou ter espancado a vítima por não concordar com a sua orientação sexual. Heberson era homossexual.

A cada 25 horas, uma lésbica, gay, bissexual ou transexual (LGBT) é assassinado no Brasil por causa de sua orientação sexual. Só nos primeiros quatro meses deste ano, foram registradas 111 mortes e 42 suicídios, os dados são do Grupo Gay da Bahia (GGB). Segundo agências internacionais de direitos humanos, matam-se mais homossexuais no Brasil do que nos 13 países do Oriente e África onde há pena de morte contra os LGBTs.

O Caso

O corpo foi encontrado na manhã de segunda-feira (13), em uma construção da Rua Maipu, no Jardim Carisma, região norte de Dourados. Mas o cabeleireiro estava desaparecido desde a noite de sexta-feira (10) após um jantar. Ele veio até Dourados para visitar parentes e amigos e para uma reunião política.

Antes de ser morto com duas facadas no pescoço, a vítima foi ainda agredida por socos no rosto. Heberson foi encontrado com as mãos e pés amarrados e com rosto coberto por um pedaço de pano.

Na parede ao lado do corpo tinha mancha de sangue, indicando que houve luta. A arma utilizada no crime, uma faca, foi jogada pelo suspeito em um terreno próximo ao local do crime. 

Eles foram autuados pelo latrocínio consumado e tentativa de latrocínio, pois dois dias antes tentaram roubar um taxista e acabaram o esfaqueando. 

Outro assalto

Ainda conforme a polícia, o trio preso acusado pela morte do cabeleireiro também é responsável pela tentativa de assalto a um taxista no dia 8 de agosto. Na ação, dois deles teria contratado a corrida e tentado levar o carro dele. 

A vítima reagiu e acabou atingido com um golpe de estilete no pescoço. Posteriormente os criminosos fugiram e o motorista foi levado a UPA (Unidade de Pronto Atendimento Médico).

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulher é executada na fronteira um ano após a morte de seu marido
Execução

Mulher é executada na fronteira um ano após a morte de seu marido

14/11/2018 08:17
Mulher é executada na fronteira um ano após a morte de seu marido
Crimes têm queda de 9,16% em Mato Grosso do Sul
Polícia

Crimes têm queda de 9,16% em Mato Grosso do Sul

13/11/2018 07:36
Crimes têm queda de 9,16% em Mato Grosso do Sul
Advogada sofre atentado na fronteira
atentado

Advogada sofre atentado na fronteira

13/11/2018 07:09
Advogada sofre atentado na fronteira
Roubo em escola

Ladrões invadem escola pelo teto, furtam e causam destruição em Rio Brilhante

12/11/2018 09:01
Bandidos invadem casa, amarram vítimas e roubam caminhonete em Itaporã
Polícia

Bandidos invadem casa, amarram vítimas e roubam caminhonete em Itaporã

10/11/2018 09:11
Bandidos invadem casa, amarram vítimas e roubam caminhonete em Itaporã
Últimas Notícias