24/05/2013 08h37 - Atualizado em 24/05/2013 08h37

Pneu de caminhão explode e borracheiro morre na hora

 
Do Progresso
Família e colegas ficaram chocados com a morte incomum (Foto : correio  de corumbá) Família e colegas ficaram chocados com a morte incomum (Foto : correio de corumbá)

Um homem de 27 anos, borracheiro, morreu ontem em Corumbá, atingido pelo aro do pneu de caminhão que ele consertava. O pai do rapaz estava no local e assistiu a cena. Segundo o Correio de Corumbá, ele estava inconsolável. De acordo com testemunhas, o rapaz era acostumado a executar o trabalho, já que a borracharia é especializada em veículos pesados.

Ainda segundo as testemunhas, a vítima havia retirado o pneu externo, quando o aro do pneu interno, que estava trincado e contido sob a pressão do pneu externo, explodiu com a pressão e atingiu a mandíbula da vítima, que teve ainda, várias vertebras lesionadas, morrendo na hora.

Abuso de pai

Um homem de 37 anos, que abusou sexualmente da filha por três anos, foi preso em Corumbá, a 444 Km da Capital. Além deste crime, o pai também ameaçava matar a vítima, uma adolescente, com 14 anos atualmente, e os quatro irmãos, caso alguém fizesse uma denúncia a respeito.

Segundo as investigações, os irmãos de 16, 13 e 10 anos sabiam do crime. Testemunhas também disseram que o suspeito ameaçava a família e em seguida levava a menina em seu carro para um motel. Quando saíam juntos, a mãe andava no banco de trás e a filha na frente como se fosse mulher dele. A princípio, a família relutou em contar os fatos, porém após uma entrevista policial e psicológica, eles confessaram o que ocorria em casa.

 
 
 
 
 
 
Imóveis Apartamentos Veículos e Utilitários Importados Motos Diversos Telefones Empregos e Oportunidades