Dourados – MS domingo, 23 de setembro de 2018
São Bento Hectares Matérias
São Bento Hectares Mobile Matérias
Histórico

Paulo André voa, crava marca histórica e fica perto de quebrar barreira dos 10s nos 100m

Velocista marca 10s02 na final do Troféu Brasil e fica perto de alcançar os 10s de Robson Caetano, melhor marca do atletismo brasileiro

14 Set 2018 - 19h58Por Do Globo Esporte
Paulo André na semifinal dos 100m do Troféu Brasil de Atletismo - Crédito: Ricardo Bufolin/ECPPaulo André na semifinal dos 100m do Troféu Brasil de Atletismo - Crédito: Ricardo Bufolin/ECP

O tempo chuvoso e a pista molhada não impediram uma das melhores marcas da história do atletismo brasileiro. Duas vezes. Na final dos 100m rasos do Troféu Brasil, em Bragança Paulista, Paulo André voou e marcou 10s02, a segunda melhor marca do país na prova. O recorde ainda pertence a Robson Caetano, que marcou 10s em 1988. Na semifinal, o velocista do Pinheiros já havia se aproximado do tempo ao fazer 10s03. Paulo é a maior aposta do país na tentativa de quebrar pela primeira vez a barreira dos 10s. Jorge Henrique da Costa Vides ficou em segundo lugar, também do Pinheiros, com 10s17.

A marca se torna ainda mais impressionante pelas adversidades. A chuva torna a prova ainda mais complexa. Além disso, Paulo enfrentou um vento contra de -0,6m/s. Até por isso, o atleta acredita que ainda vai conseguir quebrar a barreira dos 10s.

“Eu queria que tivesse dado. Mas tudo está nas mãos de Deus. Aqui foi um aviso dele de que está próximo. É só manter o pique, a pegada e a dedicação que vai dar certo. Eu consegui dois PBs no mesmo dia. Mas fiquei com um gostinho de quero mais, e isso é bom. Foi uma temporada longa, cansativa, mas importante”, disse.

Com passadas largas e confiante, Paulo dominou a prova. Por um momento, a barreira dos 10s parecia próxima de ser batida. Faltou muito pouco no fim. Com 10s02, o velocista conquistou o ouro na principal competição de atletismo do país. A marca, porém, vai além e deixa a promessa de voos ainda mais rápidos para o velocista.

“Estou feliz. Mas não posso estar totalmente satisfeito com esses 10s02. Quero mais. Estamos aí. Se Deus quiser vai dar tudo certo e essa marca vai chegar logo”, afirmou.

Paulo André já havia brilhado nas semifinais. Com 10s03, avançou à final do Troféu Brasil em primeiro lugar. O segundo colocado sequer chegou perto. Jorge Henrique da Costa Vides, também do Pinheiros, fez a segunda melhor marca, com 10s21.

Na versão feminina dos 100m, Vitoria Rosa levou a melhor com o registro de 11s18, à frente de Rosângela Santos (11s25) e Franciela Davide (11s51). O destaque, porém, veio depois da cerimônia de premiação. Rosângela e Franciela, que herdaram a medalha de bronze do revezamento 4x100m dos Jogos de Pequim após doping da equipe da Rússia, entregaram réplicas da medalha para Evelyn dos Santos e Ana Cláudia Lemos, que foram reservas na Olimpíada da China e não levaram a láurea.

Em outras provas do dia, a chuva foi uma vilã. As duas provas de 10.000m, masculina e feminina, tiveram marcas fracas devido ao mau tempo. Entre os homens, o triunfo foi de Ederson Pereira em 29min09s02, mais de um minuto e meio mais lento do que o recorde sul-americano - 27min28s12, de Marílson Gomes dos Santos. Entre as mulheres, o triunfo terminou com Jenifer Silva, com o tempo de 34min27s04. O recorde continental, em posse de Carmen de Oliveira há 25 anos, é 31min47s76.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tite volta a convocar Gabriel Jesus e Marcelo e traz novidades para amistosos em outubro
Esporte

Tite volta a convocar Gabriel Jesus e Marcelo e traz novidades para amistosos em outubro

21/09/2018 14:30
Tite volta a convocar Gabriel Jesus e Marcelo e traz novidades para amistosos em outubro
Douradão recebe readequações para regularizar laudos
Esporte

Douradão recebe readequações para regularizar laudos

21/09/2018 13:31
Douradão recebe readequações para regularizar laudos
Megaevento Paralímpico acontecerá neste sábado em MS e mais 47 cidades do Brasil
Esporte

Megaevento Paralímpico acontecerá neste sábado em MS e mais 47 cidades do Brasil

21/09/2018 09:00
Megaevento Paralímpico acontecerá neste sábado em MS e mais 47 cidades do Brasil
Conmebol se manifesta sobre arbitragem polêmica no jogo entre Boca e Cruzeiro
Medidas

Conmebol se manifesta sobre arbitragem polêmica no jogo entre Boca e Cruzeiro

20/09/2018 20:35
Conmebol se manifesta sobre arbitragem polêmica no jogo entre Boca e Cruzeiro
Sete divulga camisas que irá usar na Copinha com detalhes das bandeiras de MS e Dourados
Manto

Sete divulga camisas que irá usar na Copinha com detalhes das bandeiras de MS e Dourados

19/09/2018 17:16
Sete divulga camisas que irá usar na Copinha com detalhes das bandeiras de MS e Dourados
Últimas Notícias