Dourados – MS terça, 20 de novembro de 2018
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Economia

Petrobras eleva preço da gasolina; diesel permanece inalterado

Nos últimos 30 dias, o preço do litro da gasolina nas refinarias já subiu R$ 0,33

13 Set 2018 - 12h25Por Vladimir Platonow/Agência Brasil
Petrobras eleva preço da gasolina; diesel permanece inalterado - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Petrobras elevou em R$ 0,02 o litro da gasolina nas refinarias, nesta quinta-feira (13), para as distribuidoras. O novo valor, de R$ 2,2514, vigora a partir da meia-noite de sexta-feira (14). O diesel, por sua vez, não teve aumento, ficando em R$ 2,2964 o litro, mesmo valor praticado desde o dia 31 de agosto.

Nos últimos dez dias, o preço do litro da gasolina nas refinarias já subiu R$ 0,08. Em 30 dias, subiu R$ 0,33, quando o litro era vendido a R$ 1,9173. O valor é menor do que o praticado nos postos, que têm liberdade para estipular o preço e incluem custos com mão de obra, operacionais e impostos.

Segundo a Petrobras, a política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias.

“A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos (como volatilidade do câmbio e dos preços)”, explicou a estatal em nota.

De acordo com a Petrobras, a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. “São os combustíveis tipo A, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol, e diesel também sem adição de biodiesel. Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis.”

A maior parte do preço final da gasolina é decorrente dos seguintes componentes: 35% fica com a Petrobras; 15% é Cide, PIS/Pasep e Cofins; 29% é ICMS; 11% é o custo da mistura de álcool anidro e 10% são relativos à margem de lucro das distribuidoras e postos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa hoje
PIS/PASEP

Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa hoje

20/11/2018 09:19
Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa hoje
Campanha ‘Saindo do Sufoco’ começa nesta terça
Saindo do Sufoco

Campanha ‘Saindo do Sufoco’ começa nesta terça

19/11/2018 14:30
Campanha ‘Saindo do Sufoco’ começa nesta terça
PIB per capita de MS cresceu 4,5 vezes em 14 anos
Economia

PIB per capita de MS cresceu 4,5 vezes em 14 anos

19/11/2018 11:00
PIB per capita de MS cresceu 4,5 vezes em 14 anos
Girl Power: O Empreendedorismo feminino muda a economia das cidades
Empreendedorismo Feminino

Girl Power: O Empreendedorismo feminino muda a economia das cidades

19/11/2018 10:07
Girl Power: O Empreendedorismo feminino muda a economia das cidades
Consumo de etanol hidratado cresceu 48,7% em Mato Grosso do Sul
Consumo

Consumo de etanol hidratado cresceu 48,7% em Mato Grosso do Sul

19/11/2018 09:38
Consumo de etanol hidratado cresceu 48,7% em Mato Grosso do Sul
Últimas Notícias