Vidente da Capital prevê início de 3ª guerra em 2017

Para Dourados, ele prevê ano da educação e mais denúncias de corrupção e prisões na Capital; no País, Temer pode cair

Por: Elvio Lopes - 30/12/2016 09h24

Fabio Scheridon anuncia previsões pessimistas e otimistas para 2017. (Foto: Elvio Lopes) Fabio Scheridon anuncia previsões pessimistas e otimistas para 2017. (Foto: Elvio Lopes)

O vidente Fabio Scheridon, que há 27 anos trabalha com vidência, numerologia e tarô e que previu, em passado recente a exportação de artistas de Campo Grande para o Brasil e para o mundo, aceitou convite de O PROGRESSO para realizar previsões para o ano que vem e, uma delas, de âmbito mundial, de grande impacto, o possível início da terceira guerra mundial em 2017, se os países não souberem atuar com firmeza contra o terrorismo que pode se espalhar por regiões antes não atingidas e também ciclos melhores para o País e Mato Grosso do Sul; destaque na educação para Dourados e caos político, com muito mais denúncias e prisões por corrupção na Capital do Estado.

Nascido em Rio Grande, um dos mais importantes portos do sul do País há 50 anos, Fabio Sheridon estudou por 16 anos antes de começar a trabalhar para o público e, nos últimos anos, tem sido pauta para matérias televisivas, onde apresentou previsões que se transformaram em realidade e atende o público diariamente, em sua residência, na Vila Rita Vieira, como vidente, para ler cartas e prever o futuro e também realiza trabalhos de abertura de caminhos, de purificação e ascensão, para as pessoas.

Previsões

Segundo o vidente, este ano termina com um ciclo denso, pesado, que durou nove anos e 2017 começa com um novo ciclo, onde as pessoas serão mais altivas, mais centradas, mais em pé. Mas o ano também será de força, regido pelo número 1, com mais atentados, que serão em maior número que os já ocorridos e que pode levar ao início de uma terceira guerra mundial, com ações terroristas em regiões onde ainda não foram registradas, como a América do Sul, por exemplo.

Mas, 2017 é também um ano para iniciativas, começar projetos, ficar independente, criar seus próprios negócios, apostar!, afirma Fabio.

No amor, o vidente afirma que 2017 será um ano de muita solidão, de muita necessidade do olhar do próximo, um ano individualista.

Brasil

Sobre o Brasil, o vidente afirmou que 2017 começa com uma força 8, em que a população cobra que justiça seja feita e que há grandes chances do presidente Michel Temer cair.

Mato Grosso do Sul

Conforme o vidente, o Estado será regido pelo número 4 em 2017 e terá muitos investimentos em infraestrutura, muitas obras, um grande canteiro de obras como formação de um alicerce para nove anos de realizações, muito bom ano. Porém, como toda boa notícia tem outro lado, o vidente disse que, em um ano bom, o que pode destoar é a saúde, mais precária, com maiores problemas.

Em relação ao desenvolvimento do Estado, Fabio Scheridon disse que visualizou a construção de muitas oportunidades. "Diante de outros estados, Mato Grosso do Sul será um paraíso em 2017", destacou o vidente.

Dourados

Afirmando que nunca antes havia feito previsão alguma sobre Dourados, depois de estudar sua criação (emancipação político-administrativa), afirmou que o ano será da Educação, de valorização do setor que vai melhorar muito.

Também disse que Dourados vai viver períodos de turbulências na política, com muitos desafios nessa área e muitas denúncias e revelações de corrupção.

Campo Grande

Conforme a vidência, em 2017, Campo Grande estará sob a regência da Justiça, com o "estouro" de mais escândalos, piores do que já foram revelados e que levarão muitas pessoas para a cadeia, inclusive os que governam a cidade hoje.

Arte e cultura

"Mato Grosso do Sul resplandece nas artes plásticas de artistas que produzem com as mãos e continuará sendo um exportador de novos talentos na música e vai crescer mais ainda, como previ antes que artistas da terra (como Michel Teló e Luan Santana), fariam sucessos no Brasil e no mundo", destacou o vidente.

Um bom ano

Fabio Scheridon apresentou dicas para um ano bom e apresentou sugestões para que a passagem de ano traga fluídos positivos na vida das pessoas.

Para ter um feliz 2017, segundo o vidente, as pessoas devem agradecer pelo ano que passou, destacando que, quem maldiz o presente, amaldiçoa o futuro.

As duas simpatias para a passagem do ano são: 1 - Amarrar uma fita azul no pulso esquerdo, com três voltas e três nós e, 2 – bem no momento da passagem, soprar um punhado de farinha a favor do vento, representando que todos os males se espalhem pelo ar e que venha um ano novo com muitas bênçãos.

O vidente encerrou a entrevista lendo o tarô e revelou que a carta do ano é o Sol e que 2017 terá regência dos orixás Iansã, Ossaim e Ogum.

O vidente

Fabio Sheridon atende diariamente, inclusive domingos e feriados, em seu endereço à Rua Josué Pereira Ferreira, 490, no Bairro Rita Vieira e atende pelos telefones (67) 3306-9796 e 99263-9776.