Prefeituras de MS vão receber R$ 37,8 milhões para o transporte escolar

Ao assinar os convênios ontem na Assomasul, o governador Reinaldo Azambuja se comprometeu a cumprir todas as metas pactuadas com os municípios até 2018

Por: Assessoria - 21/04/2017 07h30

 
Reinaldo assinou ontem os convênios com as prefeituras na Assomasul (Foto: Chico Ribeiro) Reinaldo assinou ontem os convênios com as prefeituras na Assomasul (Foto: Chico Ribeiro)

Ao assinar os primeiros convênios com as prefeituras para custeio do transporte escolar, o governador Reinaldo Azambuja se comprometeu a cumprir todas as metas pactuadas com os municípios até 2018, mesmo nas dificuldades decorrentes da crise econômica. Ao todo serão repassados R$ 37,8 milhões em 2017 para o transporte escolar. Os investimentos estão sendo canalizados principalmente para infraestrutura, sejam por meio de emendas parlamentares ou recursos do Estado.

Azambuja falou aos prefeitos em encontro realizado na Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), nesta quinta-feira, durante assembleia da entidade. Ele sustentou que nenhum município deixará de receber apoio financeiro do seu governo, mas cobrou que as prefeituras devem se preparar administrativamente para captar estes investimentos, principalmente os recursos federais, que exigem documentação em dia.

"O que foi acordado com os prefeitos está sendo cumprido e nenhum município ficará sem receber as obras elencadas por eles", disse o governador, ao citar que o governo começa a lançar editais de abertura de licitação para obras de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em 31 localidades, cujos recursos são provenientes de emendas da bancada federal. "É um dinheiro que vem socorrer principalmente os novos prefeitos", observou.

Transporte escolar

No encontro na Assomasul, onde também estiveram presentes o senador Pedro Chaves e os secretários estaduais Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Maria Cecília Amendola (Educação), Reinaldo Azambuja assinou convênios do transporte escolar com as prefeituras de Figueirão e Taquarussu, as quais estão aptas para receber os repasses que obtiveram um reajuste, concedido pelo Estado, de 16,97% por aluno para este ano letivo.

O benefício atinge mais de 20 mil alunos que residem em aldeias e na zona rural e que utilizam ônibus e vans, disponibilizados pela prefeitura, para chegarem às escolas, algumas distantes de suas comunidades. Em 2016, o Estado repassou para as 79 prefeituras um total de R$ 32.332.813,70; para este ano, a previsão de desembolso deverá chegar aos R$ 37,8 milhões, segundo a Secretaria Estadual de Educação.