Município garante funcionamento de UTI no Hospital da Vida

Dourados - 14/04/2018 10h44

 
Foto: divulgação Foto: divulgação

A Prefeitura de Dourados fechou, na tarde de quinta-feira (12), acordo com a empresa encarregada pelo gerenciamento das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) do Hospital da Vida, responsável por mais de 1.400 atendimentos nos dois anos de funcionamento terceirizado.

"A prefeita Délia Razuk tem responsabilidade e compromisso com as pessoas e determinou seriedade e austeridade no trato da coisa pública. Por isso mesmo, o acordo só foi concluído depois que as condições ajustáveis à realidade financeira do Município foram pactuadas", informou o presidente da Funsaud (Fundação dos Serviços de Saúde de Dourados), advogado Luiz Carlos Fernandes de Mattos Filho.

A empresa Intensicare mantém contrato com o Município desde 2016, para gerenciar 20 leitos de UTI e ameaçava suspender a prestação do serviço por conta de débitos totais da ordem de R$ 8 milhões. "A Prefeitura tem responsabilidade com a população e consciência da necessidade em equacionar esse e outros desafios na Saúde", disse o presidente da Funsaud.

A Fundação participou de encontro, nesta quinta-feira, com dirigentes da terceirizada com a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Berenice Machado e o promotor Etéocles Brito, da 10ª. Promotoria, quando foi firmado o acordo que vai permitir repasses de R$ 1,5 milhão até o dia 19 deste mês, outra parcela no mesmo valor até 21 de maio e outras vinte parcelas, fixas e sem acréscimos, de R$ 168,8 mil, a partir de 19 de junho, para quitação do débito.

Além disso, a terceirizada assumiu o compromisso de concluir a obra de ampliação do espaço físico que vai abrigar 10 leitos de UTI, na área anexa ao Hospital da Vida, conforme previa contrato firmado ainda em 2016, para permitir que a unidade hospitalar promova as adaptações no atendimento a pacientes de outros 32 municípios do entorno que acorrem a Dourados.