MS recebe "Festiclown Pela terra"; festival de circo percorre aldeias

O grupo Pallasos en Rebeldía estará em Dourados até o dia 22 de agosto apresentando seus espetáculos

Por: Simone Capilé - 16/08/2016 09h37

O projeto apresentado pelo grupo  Pallasos en Rebeldía, percorre em caravana retomadas terras. (Foto: Divulgação) O projeto apresentado pelo grupo Pallasos en Rebeldía, percorre em caravana retomadas terras. (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul recebe o "Festiclown Pela terra", trata-se de um festival de palhaço e circo, que está percorrendo comunidades indígenas, acampamentos e assen-tamentos do MST, no Brasil, desde o dia 30 de junho até o próximo dia 30 de agosto de 2016, apresentando seus espectáculos.

O projeto apresentado pelo grupo Pallasos en Rebeldía, percorre em caravana retomadas terras como dos Karirí-Xocos em Alagoas, dos Guaranis em Santa Catarina, dos Guarani-Kaiowás e Terenas no Mato Grosso do Sul e acampamentos e assentamentos do MST no Rio Grande do Sul.

O festival visa disseminar esperança e alegria, levando uma mensagem de solidariedade e compromisso à todas as pessoas que hoje, no Brasil, dedicam sua vida por um mundo onde caibam todos os mundos, mantendo assim a tradição milenar de rebeldia como palhaços e artistas de circo social.

O grupo

Pallasos en Rebeldía faz parte da organização do Festival Internacional de Clown da Galicia, o Festiclown que, há mais de doze anos, lota as ruas, as praças e teatros de diferentes cidades galegas com espetáculos dos melhores palhaços nacionais e internacionais e atividades de formação com mestres na metodologia do ‘palhaço social’.

Projeto

Festiclown é um projeto que entende que a cultura, além de ser participativa, comunitária e criativa, deve ser solidaria, através da colaboração com outras comunidades do mundo que sofrem as mazelas dos conflitos e da falta de recursos e já aconteceu na Palestina no ano de 2011, 2014 e 2015. Nas favelas do Rio de Janeiro em 2014 e favelas da Colômbia no ano de 2015.

Calendário

De 15 de agosto ao 22 de agosto - Guaranis-Kaiowa no Mato Grosso do Sul; De 24 de agosto ao 31 de agosto - Guaranis de Santa Catarina;

No MS

Hoje (16), o grupo está no Acampamento Apikaý e Acampamento Ita Poty; Amanhã (17) o grupo visita a Aldeia Jaguapiru; No dia 18 nas terras indígenas Tunay; Já no dia 19 eles estarão na Aldeia Agua Branca e Aldeia Limão Verde;