Guarda Mirim de Dourados abre inscrição para seleção de nova turma

Por: Redação - 17/05/2017 15h21

 
Guarda Mirim de Dourados abre vaga para mais 120 jovens (Foto: divulgação) Guarda Mirim de Dourados abre vaga para mais 120 jovens (Foto: divulgação)

No período de 22 de maio a 22 de junho, a Guarda Mirim ‘João Adolfi Astolf’i de Dourados estará com inscrições abertas para a formação de mais uma turma. As vagas são para meninos e meninas, com idade entre 13 e 16 anos, completados até 31 de dezembro.

De acordo com o presidente da Guarda Mirim, João G. Pessoa Frazão, as inscrições poderão ser feitas na sede provisória da corporação, anexo ao estádio Douradão, ou na secretaria da Igreja Presbiteriana (Igreja do Relógio) das 13h30 às 17h30, mediante recolhimento de taxa no valor de R$ 25. Serão abertas 120 vagas – 60 masculino e 60 feminino – e a prova seletiva será em 15 de julho com três horas no máximo de duração.

O processo seletivo, de caráter eliminatório e classificatório, será elaborado com apoio da rede municipal de ensino, com as disciplinas de português, história e geografia (10 pontos) e matemática e atualidades (5 pontos).

O inscrito terá de residir em Dourados, incluindo os distritos, e apresentar exames de aptidões físicas, possuir renda familiar de até três salários mínimos comprovados através de holerites. Será classificado o candidato que obtiver/acertar no mínimo 50% das questões, ou seja. Em de empate na classificação final terá preferência sucessivamente o que maior número de pontos teve na disciplina de português e na de geografia de Dourados e do Mato Grosso do Sul. Caso persistir o empate, classificasse-a o mais velho.

Para os testes de aptidões físicas serão classificados os candidatos que obtiverem nota, conforme especificado nas provas inscritas e não apresentação do atestado médico impossibilitará a realização do processo seletivo; consequentemente a automática desclassificação.

Os inscritos também devem estar matriculados e cursando o ensino regular em estabelecimento público de ensino municipal, estadual, federal ou em colégio particular, mediante a apresentação de documento que comprove bolsa integral de estudo.