Educadores de Dourados suspendem Greve, mas mantêm mobilização

Categoria fez assembleia na manhã de hoje na sede do Simted e decidiram suspender o movimento grevista contra a Reforma da Previdência

Por: Da redação - 20/03/2017 15h13

 
Trabalhadores em educação de Dourados decidiram em assembleia hoje encerrar a greve (foto divilgação) Trabalhadores em educação de Dourados decidiram em assembleia hoje encerrar a greve (foto divilgação)

Depois de uma longa avaliação sobre a Greve Geral contra a Reforma da Previdência na manhã de hoje (20), no Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted) a categoria decidiu suspender o movimento grevista. Mas várias atividades de mobilização contra os ataques do governo estão programadas para os próximos dias.

A presidente do Simted, Gleice Barbosa, ressaltou a importância da Educação se manter mobilizada e unida às demais categorias contra o retrocesso político que vive o país. A sindicalista lembra que não só a Previdência está ameaçada, mas o governo planeja também uma Reforma Trabalhista e, até mesmo, acabar com o direito a greve.

A greve

Os profissionais do ensino básico público entraram em greve por tempo indeterminado no último dia 15 de março, a partir de uma mobilização de centrais sindicais de todo o país. Após uma grande manifestação, junto a vários movimentos sociais e trabalhistas, que levaram milhares de pessoas às ruas de Dourados, os grevistas passaram a debater com a população sobre o projeto do governo que, praticamente, acaba com a aposentadoria.

Os educadores acamparam em frente ao escritório do deputado federal Geraldo Resende, cobrando do parlamentar uma posição sobre a reforma que prejudica toda a população. O representante de Dourados na Câmara Federal esteve no local na sexta (27), onde ouviu de professores/as, estudantes e sindicalistas a preocupação com os ataques aos direitos sociais e trabalhistas.

Depois de debaterem a greve contra a Reforma da Previdência, os profissionais da educação decidiram suspender a paralização e retomar as atividades, nas escolas municipais e estaduais e Ceims de Dourados, a partir desta terça-feira (21).

Agenda de luta

Esta semana estão programadas duas atividades, das quais o SIMTED Dourados participa da organização:

  • Na quinta-feira (23), o Seminário "A Reforma do Ensino Médio e as Implicações à Literatura no MS" será realizado na Câmara Municipal de Dourados, a partir das 13h30. O evento terá como palestrantes Elisângela Maia (SIMTED), Adilson Crepalde (UEMS) e Paulo Custódio de Oliveira (UFGD).

  • A Câmara Municipal também receberá, na sexta-feira (24), a Audiência Pública "Reforma da Previdência", a partir das 19 horas.

Toda a população de Dourados e região está convidada a participar destes grandes debates públicos.