Tucanos ficaram de fora da festa do DEM

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB) e o ex-deputado Valdenir Machado, coordenador regional do governo do Estado em Dourados, preferiram fazer "forfait" na reunião de sábado passado do DEM. Embora estivessem na cidade, preferiram ficar ausentes do ato político, para não passar constrangimento, já que o Democratas ensaiavam lançar Murilo Zauith como candidato a governador. E o candidato de Geraldo e Valdenir é o Reinaldo Azambuja, que declarou na manhã de domingo que o PSDB permanece dialogando com todos os partidos para definir as alianças para as eleições e que "em política, você nunca diz que é impossível", sem descartar, inclusive, a união com o MDB, que rejeita a coligação, nas palavras de Puccinelli. Conforme o governador, as alianças políticas deverão ocorrer entre o final de julho e início de agosto. Tem gente duvidando o DEM ir contra o governador Reinaldo Azambuja.

Festa

O governador Reinaldo Azambuja lançou, na manhã de ontem, o Festival América do Sul Pantanal previsto para ocorrer entre os dias 24 a 27 de maio, em Corumbá. Além dela, as vizinhas Ladário, Puerto Quijarro e Puerto Suárez fazem parte do calendário de atividades, abrangendo a fronteira com a Bolívia. No ano passado, secretário estadual de Cultura e Cidadania, Athayde Neri, anunciou o adiamento do Festival América do Sul Pantanal. A justificativa principal foi a dificuldade para captação de recursos via Lei Roaunet, o que inviabilizou o evento.

Siameses

Senador em pré-campanha à reeleição, Pedro Chaves (PRB) não sucumbiu à pressão do partido para lançar seu nome na disputa ao Governo do Estado. Além disso, diz que está do mesmo lado do colega Waldemir Moka e que tem simpatia muito grande pelo MDB e André Puccinelli. "Vou participar na eleição para o Senado com o meu amigo Moka. Vamos estar juntos, estamos do mesmo lado", disse Chaves ao Midiamax durante evento no domingo, em Campo Grande. De acordo com Chaves, a parceria ainda não está formalizada, mas deve ocorrer nesta semana.

Será?

Com valor nacional em torno de R$ 4, o preço do litro da gasolina pode ser reduzido em todo o país, assim como dos demais combustíveis ainda este semestre. A projeção foi feita pelo presidente Michel Temer que afirmou que o governo estuda esta possibilidade e a de diminuir também os valores da conta de energia. Sem fazer promessas, ele disse que o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, está debruçado nos estudo. "O [ministro] Moreira Franco está empenhado nessa tarefa. Não tenho os resultados, mas se for possível reduzir o preço, o faremos. Sabemos quanto o custo da energia alcança os mais pobres", afirmou o presidente durante entrevista ao SBT, na noite de domingo.

Finalmente

O coordenador regional do Estado em Dourados, Valdenir Machado disse sábado passado à Grande FM que o Hospital Regional de Cirurgias já está fazendo consultas médicas aos pacientes encaminhados pelos postos de saúde, via central de regulação. Desta forma as cirurgias eletivas (não urgentes)já podem ser feitas no novo hospital.

Mudou muito

Dinaci Vieira Marques Ranzi, primeira diretora-administrativa do Hospital Universitário de Dourados (HU-UFGD) em 203, quando era do PT e foi vice-prefeita de Dourados,  se filiou no sábado ao DEM a convite do deputado estadual Zé Teixeira com aval de Laerte Tetila. Luiz Carlos Bonelli, lá de Campo Grande contra atacou: "Quando isso foi petista? Só usava o PT para ser nomeado nos governos. Agora está no lugar certo".

BATE-REBATE

*A primeira-dama Marcela Temer pulou em um lago do Palácio da Alvorada, em Brasília, para resgatar seu cachorro, Picoly. O animal, se viu em apuros após se jogar nas águas do jardim e não conseguir sair. Assustada, a mulher do presidente ainda pediu auxílio a uma agente de segurança. Como não teve ajuda, Marcela se atirou no lago de roupa.

*A produção de veículos subiu 40% em abril, na comparação com o mesmo período do ano passado, afirmou ontem a associação das montadoras (Anfavea). Foram 266.111 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus feitos em abril, enquanto no mesmo mês de 2017 foram 189.487 unidades.

*O número de mortes por acidentes nos 3.670 quilômetros de rodovias federais em Mato Grosso do Sul caiu 70,74% nos primeiros quatro meses de 2018 frente ao mesmo período de 2017, despencando de 82 para 24.

*O prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PSD) vetou projeto da Câmara que previa tolerância de 15 minutos na cobrança dos parquímetros. o contrato de concessão do serviço estabelece cabe à Flexpark decidir se haverá ou não carência.

INFORME CURURU

Matemática é bem simples: se você estiver achando fácil demais, está errado.