Por enquanto, ser vice não quer não!

A possibilidade de Murilo Zauith (DEM), integrar chapa de Reinaldo Azambuja (PSDB) ao Governo do Estado foi desmentida pelo próprio Zauith ao Midiamax na quarta-feira. Mais cedo, durante sessão na Assembleia Legislativa, o líder do governo, deputado Rinaldo Modesto, afirmou que conversas entre o PSDB e o DEM estão avançadas e que Murilo "muito provavelmente" seria o candidato a vice-governador ao lado de Azambuja". Murilo afirmou que não houve e nem há em andamento nenhuma conversa com os tucanos para que ele integre a chapa de Reinaldo."Não é verdade, não estou sabendo de nada, nem sei de onde saiu isso. Qualquer atitude e decisão dos democratas será tomada em reunião com os quatro deputados e comigo", citou Zauith, que foi vice de Puccinelli.

Normal

O desembarque da bancada do MDB da base aliada do governo é visto com tranquilidade pelo governador Reinaldo Azambuja (PDSB)."É uma questão política por causa da pré-candidatura do MDB ao governo. Mas não vão deixar de votar projetos importantes para o Estado. Não acredito que tenha uma ruptura total. São pessoas responsáveis", afirma o governador, em entrevista ao Campo Grande News.

Teimoso

O ex-presidente Lula, que está preso há mais de um mês em Curitiba, reafirmou sua candidatura à Presidência em carta enviada à presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann."Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime", disse Lula na carta, que foi publicada no site do PT na noite de quarta-feira. "Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir". Lula está preso desde 7 de abril.

Jogou a toalha

O presidente do MDB, Romero Jucá (RR), indicou que o presidente Michel Temer não será mesmo candidato à reeleição. Em entrevista ao Estadão o senador disse que o principal objetivo do partido é eleger "a maior bancada da Câmara e do Senado". Jucá afirmou que, se não for candidato, Temer "não estará na eleição". Ele admitiu conversas com PSDB e PRB em busca de uma aliança e que o nome deve ser o de um político.

Vem com tudo

A 2º fase da Operação Tiradentes feita pela Polícia Militar terá início nesta sexta-feira, nos 79 municípios do Estado. O objetivo é intensificar o policiamento ostensivo e preventivo. A operação deve acontecer amanhã com o policiamento para coibir crimes e fazer a apreensão de armas e drogas, além da prisão de pessoas que estejam foragidas da Justiça. Segundo o comandante-geral da PM, coronel Waldir Ribeiro Acosta, a expectativa é de resultados positivos, em virtude da mobilização logística e de efetivo que serão efetuadas neste período.

Letra morta

Foi aprovado na quarta-feira o projeto de autoria do deputado Amarildo Cruz (PT) que prevê a instituição de um cadastro estadual para pessoas condenadas por racismo ou injúria racial. Agora o projeto segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja. Único contra o projeto, o deputado Barbosinha (DEM) acredita que a medida é inviável e inconstitucional, pois "para mim, qualquer tipo de sanção após uma pessoa cometer um crime tem que estar no Código Penal. A Casa acaba criando mais uma punição para essa pessoa com o cadastro. Para mim, é inconstitucional", afirmou.

BATE-REBATE

*O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a infalação oficial, subiu 0,22%em abril, após alta de 0,09%no mês anterior, informou ontem o IBGE).

*O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse crer que vai herdar os votos que seriam destinados ao ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa (PSB). Na quarta-feira, Barbosa, anunciou pelo Twitter que não disputará o Planalto.

*O governo do Paraguai irá propor ao Brasil financiar integralmente a construção de uma ponte sobre o rio Apa, orçada entre US$ 6 milhões e US$ 8 milhões que unirá a cidade de San Lázaro com Porto Murtinho.

*A Assembleia Legislativa realiza hoje às 19h, sessão solene em homenagem ao Dia Estadual do Povo Paraguaio. Serão agraciadas diversas personalidades da colônia que vivem no Estado. O Dia Estadual do Povo Paraguaio foi  instituído peor lei de 2001 e é celebrado no dia 14 de maio.

INFORME CURURU Se for pra correr atrás, que seja atrás do dinheiro que perdi no caminho.