Não fico na oposição

Por: Cicero Faria - 24/11/2016 10h57

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta, presidente estadual do DEM, está ameaçando romper politicamente com o governador Reinaldo Azambuja. Se isso efetivamente ocorrer, o deputado estadual Zé Teixeira confirmou que tende a assinar filiação no PSDB, segundo entrevista ao DouradosWebTV. Como aliado de primeira hora do governador, Zé Teixeira ficaria desconfortável num partido de oposição ao governo. Recorda-se que o deputado tem longa convivência em partido de direita: primeiro no PFL (Partido da Frente Liberal) que depois virou o Democratas (DEM).

Lupa

A Justiça determinou a quebra do sigilo bancário do ex-deputado estadual Roberto Djalma Barros. O motivo alegado pela juíza Daniela Vieira Tardin, da 18ª Zona Eleitoral, é uma investigação iniciada pelo Ministério Público para apurar indícios de irregularidades na prestação de contas do candidato Braz Melo, eleito para a Câmara de Dourados, revelou o Midiamax. Djalma Barros fez esclarecimento publico sobre a quebra de sigilo bancário das suas contas no Banco do Brasil e no Santander, por doações ao candidato a vereador Braz Melo. A doação, segundo Barros, foi de R$ 10.900, "sendo que a lei permite até a quantia de 10% do valor bruto dos rendimentos declarado em Imposto de Renda, que no meu caso estava apto a doar R$ 15.500". Ademais, explicou o político, "houve movimentação quase diária de saques, pois como todos sabemos os bancos estavam em greve."

Cotado

Engenheiro agrônomo e ex-prefeito de Dourados, José Elias Moreira é um dos nomes citados como possível secretário municipal de Planejamento a partir de 1º de janeiro. Zé Elias é ligado politicamente ao deputado federal Zeca do PT – de quem foi secretário estadual de Meio Ambiente, que apoiou a prefeita eleita Délia Razuk (PR).

Delírio

A defesa do ex-presidente Lula vê elo suspeito da Operação Lava Jato com os Estados Unidos. Essa hipótese teve a seguinte resposta do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO): "Na falta de argumentos jurídicos, resta a Lula fazer isso: tentar constranger a Justiça e demais instituições brasileiras com delírios, atacar seus adversários e se dizer perseguido. Só falta dizer que Sérgio Moro é agente da CIA!"

Que coisa!

É cada uma: o portal Globo noticiou ontem que "Índios acham boto e peixes mortos após vazamento em MS". Como não se tem notícia da presença de botos nos rios de Mato Grosso do Sul, a confusão, como sempre, foi com o vizinho Mato Grosso. O fato se deu na aldeia kayabi Dinossauro, no município de Apiacás, a 1.055 km de Cuiabá, onde boto, peixes e tartarugas morreram após um vazamento de óleo no rio Teles Pires, na divisa com o Pará. Trocar o MS pelo MT é normal, mas MT por MS foi a primeira vez...

Mediano

A qualidade de vida em Mato Grosso do Sul melhorou entre 2011 e 2014, ficando no 10º lugar no Brasil com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, medido pelo Ipea com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e a Fundação João Pinheiro. Mato Grosso do Sul teve nota 0,76 em 2014 e se manteve na mesma posição no ranking dos Estados com os melhores índices. Para calcular o IDHM, o Ipea leva em conta três indicadores: longevidade, renda e educação.

Livre

O procurador da Câmara de Campo Grande, André Luiz Scaff, conseguiu habeas corpus e deixou a prisão na noite de terça-feira. Ele estava detido desde 8 de outubro. O procurador é o principal alvo da Operação Midas do Gaeco, que apura os crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica.

BATE REBATE

A palestra com a colunista do Estadão, Dora Kramer, será hoje às 20h, no Auditório da Aced. Considerada uma das mais atuantes jornalistas de Política do Brasil, ela vai falar sobre o cenário político e econômico do País, e os impactos em Mato Grosso do Sul.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) encaminhou a Assembleia Legislativa pedido de autorização para licenciar-se de suas funções, tirando férias de 10 a 30 de janeiro.

Os 600 docentes da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) decidem amanhã se vão aderir ou não à greve nacional de professores universitários, que começa hoje em pelo menos 27 instituições de ensino superior do País.

O advogado e ex-deputado federal Antônio Modesto da Silveira morreu na terça-feira aos 89 anos, no Rio de Janeiro. Considerado por juristas o advogado que mais defendeu presos políticos e familiares de desaparecidos e sequestrados pelo regime militar de 1964-1985.

INFORME CURURU

Do jeito que o país vai, logo mulher banguela vai matar marido a dentadas.