Deputado-candidato fez sucesso em Dourados

Por: Cícero Faria - 10/02/2018 07h00

"Vim, vi e venci" foi uma frase proferida pelo general e cônsul romano Júlio César em 47 a.C. depois de vencer uma batalha. Foi mais ou menos o que aconteceu com o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) depois de uma barulhenta passagem por Dourados na quinta feira e ontem para contato com produtores rurais e empresários. A sua chegada no aeroporto municipal – vindo num voo comercial da Azul, ao lado do filho Eduardo, já deu uma mostra da simpatia de douradenses pela sua pré-candidatura a presidente. Cerca de 250 pessoas arderam no sol quente esperando o deputado. Depois foi a vez da carreata com cerca de 200 veículos que cortou a Marcelino Pires rumo ao parque de exposições. Bolsonaro chegou ensopado para o encontro com os produtores, pois pegou uma forte chuva na parte final do caminho, mas ele não desceu do jeep sem capota. Destacou-se ainda a presença de muitos jovens que, embalados pela emoção, chamavam o visitante de "lindo".

Até eu

Pré-candidato ao governo, André Puccinelli (MDB) afirmou anteontem, em entrevista à rádio CBN 93,7 FM, que vai até o fim no projeto do "volta, André’". E ele se colocou como cabeça na "composição ideal" para a campanha eleitoral. "Chapa boa seria André governador, Odilon vice e Reinaldo senador", disse ele em referência a dois de seus principais adversários, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o juiz federal Odilon de Oliveira (PDT). Como diria a vovó: "É bebé, mamá na gata você não qué"...

Mistério...

O presidente Michel Temer disse ontem que acionou a Polícia Federal e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), ligado ao Ministério da Justiça, para investigar os aumentos de preços da gasolina nos postos de combustível. Segundo Temer, quando a Petrobras aumenta o preço nas refinarias, o valor nas bombas de combustível sobe. Mas, de acordo com o presidente, o valor nas bombas não desce quando a Petrobras diminui nas refinarias.

Cedeu

A Prefeitura de Dourados vai convocar, até o dia 19 deste mês, 496 professores aprovados em concurso público para as chamadas "vagas puras", que só podem ser ocupadas por concursados. A medida faz parte do acordo firmado na quinta feira entre o município, o Ministério Público e o sindicato dos professores durante audiência na 6ª Vara Cível, onde tramita uma ação para investigar contratações ilegais na Secretaria Municipal de Educação. Na segunda-feira o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrou em Dourados a Operação Volta às Aulas para apreender documentos nas secretarias de Educação e de Administração.

Limpo

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul absolveu o ex-deputado estadual Sérgio Assis pelo crime de envolvimento em uma rede de exploração sexual. Assis foi condenado a seis anos de prisão em dezembro de 2015, na 7ª Vara Criminal de Campo Grande. Ele cumpria a pena em regime semiaberto.

Espião

A Câmara de Campo Grande aprovou, na quinta-feira, projeto de lei que prevê concessão de desconto no IPTU para quem instalar ou quem tiver câmeras de vídeo-monitoramento em frente aos imóveis. Segundo a proposta, o desconto de até 15% será concedido a partir do exercício fiscal seguinte ao requerimento do benefício, por no máximo cinco anos, podendo ser prorrogado a critério da prefeitura. Além disso, deverá ser cumulativo com outros descontos oferecidos aos contribuintes. Os equipamentos devem ter imagem de alta resolução, que possibilite a visualização das vias e espaços públicos melhorando a segurança.

BATE REBATE

● O comércio varejista brasileiro cresceu 2% em 2017, após dois anos de fortes quedas. O resultado foi influenciado pelas vendas de móveis e eletrodomésticos, que voltaram a aumentar com a queda das taxas de juros. A pesquisa foi divulgada ontem pelo IBGE.

● A Secretaria de Educação do Estado abriu ontem as inscrições no cadastro de profissionais para atuarem nos cursos de técnicos de nível médio em 16 municípios, entre 2018 e 2019. Há vagas para Dourados.

● O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) se somou a oposição ao declarar que votará contra a reforma da Previdência caso seja mantido o texto atual. Está ao lado de Zeca do PT, Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT).

● A Polícia Federal prendeu ontem três pessoas suspeitas de promovem a imigração ilegal de haitianos em troca de dinheiro utilizando como entrada no país a cidade de Corumbá. Foram encontrados 35 ‘ilegais’.

INFORME CURURU

Frase do Chico Anísio: No Brasil de hoje, o povo tem medo do futuro. Os políticos do passado...