De novo vai sobrar pro povo?
Por: Cícero Faria - 10/01/2017 10h39

O médico oncologista Mário Eduardo Rocha contou em sua página no Facebook "que o processo licitatório aberto na administração Murilo Zauith (PSB), para a contratação de empresa para a execução de serviços médicos hospitalares e ambulatoriais de média e alta complexidade na área de oncologia foi suspenso pela atual gestão por tempo indeterminado." Em julho do ano passado, a Justiça determinou a abertura da licitação pelo município para atendimento via SUS. "A ação ocorreu no intuito de por fim aos imbróglios envolvendo o Hospital Evangélico e o Centro de Tratamento de Câncer de Dourados nas questões da falta de repasse de pagamentos do HE, o que acabava prejudicando os pacientes de câncer"! lembrou Rocha.

Corda toda

Não foi só ‘fogo de palha’: o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), depois de várias ações – que os adversários chamaram de populistas, comandou a força tarefa para limpar a cidade e desde as primeiras horas da manhã de sábado esteve na Lagoa Maior ajudando a equipe de Obras e do Meio Ambiente. Até na motosserra ele pegou para cortar uma árvore.

Vergonha

Afinal, quando a Agesul irá fazer os reparos na MS-156 entre Caarapó e Amambai? Há meses que usuários, principalmente os produtores rurais, estão sofrendo com a inacabável buraqueira desta importante rodovia. Amambai não tem deputado estadual, mas a vizinha Dourados tem quatro!

Testemunhas

Moradores de Campo Grande terão de assinar documento comprovando a realização do tapa-buraco para que o serviço seja pago pela Prefeitura. A nova regra foi anunciada tem relação com escândalos anteriores, por causa de "buracos fantasmas". "Vão ter que pegar duas pessoas do povo e elas que vão ser testemunhas de que realmente fizeram o trabalho e taparam o buraco. Se não tiver duas testemunhas populares, eu não vou pagar", declarou o prefeito Marcos Trad (PSD), segundo o Correio do Estado.

O que é isso?

O deputado federal Major Olímpio (SP) publicou em sua página no Facebook uma mensagem na qual "desafia" os presidiários do Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro, a fazer rebeliões e massacres que superem as mortes que ocorreram nesta semana em presídios de Manaus e de Boa Vista. Na mensagem, o deputado do Solidariedade afirmou: "Placar dos presídios: Manaus 56 x 30 Roraima. Vamos lá, Bangu! Vocês podem fazer melhor!"

Garantido?

O secretário-adjunto de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira (ex-delegado em Dourados) disse que os órgãos de segurança monitoram os presídios, por causa da briga entre o PCC e CV. Carlinhos afirmou que "a secretaria está preparada para qualquer eventualidade, não só dentro dos presídios, como, também, foram dos presídios", avaliando que a população carcerária, das facções ou não, e a sociedade civil, estão protegidas.

Mais caro

O ano começou com aumento no custo da telefonia em todo o país. Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que as empresas de telefonia fixa e móvel recolham o ICMS sobre o valor da assinatura básica mensal. Os valores variam de acordo com o Estado e o tipo de plano oferecido pelas operadoras. As empresas de telefonia que ainda não recolhiam o imposto estão comunicando aos clientes o reajuste dos planos.

Minhoca

O governador Reinaldo Azambuja  (PSDB) sai de férias hoje e deixa Rose Modesto (PSDB) no cargo. O governador deve passar alguns dias pescando na Argentina, já que lá a piracema não vale. Mas captura de alguns peixes, como o dourado, é limitada ao pesque e solte. O descanso dura até o dia 30.

BATE REBATE

A faxina geral que os parques douradenses estão passando, é só elogios dos usuários. Só do Parque Antenor Martins, no Flórida, foram 500 quilos de lixo.

O senador Waldemir Moka (PMDB) usou as redes sociais no final de semana para pedir ajuda aos internautas ao seu projeto que determina que ao presos trabalhem para pagar suas despesas. E os "direitos dos manos"?

Essa semana a prefeita Délia Razuk (PR) encaminha a sua carta de renuncia à vaga de deputada estadual. Ela é a 2ª suplente da coligação de Marquinhos Trad (PSD), também eleito prefeito. O lugar ficará para o vereador campo-grandense Paulo Siufi (PMDB).

Tribunais do país gastam R$ 3 milhões ao ano em viagens internacionais. Só passagem para o ministro Walton Alencar, do Tribunal de Contas da União (TCU) chegou a R$ 55 mil, segundo a Folha de S. Paulo.

INFORME CURURU

Quem diz que pior dor que existe é perder um amor... é porque nunca levou umas chineladas.