Alerta para a falta d’água

Por: Cícero Faria - 05/12/2016 09h53

A Sanesul informou que, em virtude de interligação de redes para ampliação do sistema de abastecimento em Dourados, o fornecimento de água será interrompido nos bairros Vila Progresso, Jardim Girassol, Jardim Universitário, BNH 1º Plano, Vila Militar, Parque Alvorada, Itaju I e II, Jardim Monte Carlo, Altos Do Indaiá, Jardim Novo Horizonte, Jardim Flórida I e II, Vila Popular, Parque Do Lago I e II, Estrela Yvate, Estrela Porã, Residencial Villagio Florença, Vila Toscana, Altos do Alvorada, Arezzo, Ipê Roxo, Panambi Verá, Roma e imediações, entre às 5h e 10 da próxima quinta-feira.

Livre

A prefeita eleita Délia Razuk (PR) passou o final de semana mais tranquila. A Justiça Eleitoral aprovou, com ressalvas, as suas contas de campanha. O despacho foi assinado na sexta-feira pelo juiz eleitoral em substituição legal, Jonas Hass Silva Junior. No dia 16 de novembro, a juíza da 18ª Zona Eleitoral de Dourados, Daniela Vieira Tardin, publicou documento apontando diversas irregularidades dentro da prestação de contas de Délia.

De novo

Cerca de dez dos 79 prefeitos eleitos de Mato Grosso Sul são investigados e podem perder o mandato por irregularidades cometidas durante a campanha eleitoral. Além deles, dois já perderam o registro de candidatura: Ilda Machado (PR), de Fátima do Sul e Robinho Samara Almeida (PSB), de Aparecida do Taboado. Nesses municípios, os eleitores deverão voltar às urnas para escolher novamente o prefeito.

Pressão

Após receber denúncias de que empresários da indústria e do comércio de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás vêm sendo alvo de assédio financeiro por parte de gerentes do Banco do Brasil,  a Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) anunciou que vai acompanhar de perto os novos projetos aprovados e encaminhados para o BB, até a liberação dos recursos, informou o Correio do Estado. Empresários estão sendo pressionados a comprar produtos como títulos de capitalização, seguro e poupança em troca de liberação de empréstimos já aprovados pelo Fundo de Financiamento Constitucional do Centro-Oeste (FCO). A prática foi levada a público pelo superintendente da Sudeco, Antônio Carlos Nantes de Oliveira.

Enrolados

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal determinou que a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil forneçam informações sobre as movimentações de contas bancárias do deputado federal Geraldo Resende (PSDB), noticiou o Campo Grande News. O objetivo é apurar origem recursos depositados em favor do político douradense. Por ter foro privilegiado como deputado, Geraldo é investigado em inquérito que tramita no STF após ser denunciado pelo MPF com base na Operação Uragano, em 2010. Geraldo e o então deputado federal Marçal Filho  foram citados nas gravações feitas pelo ex-secretário de Governo da prefeitura, Eleandro Passaia, por supostamente receberem comissões das emendas que conseguiam em Brasília. Por não conseguir a reeleição em 2014, Marçal Filho perdeu o foro privilegiado e o processo contra ele tramita na Vara Federal em Dourados.

Gracias

Foi comovente a atenção e o respeito dispensados pelo povo e o governo da Colômbia com relação a tragédia com a delegação da Chapecoense. As honras militares feitas no embarque dos caixões na sexta feira foram emocionantes. A liberação dos 50 corpos em três dias foi outra prova disso. Os colombianos deram prova de serem solidários ao extremo. Na chegada dos caixões sábado em Chapecó até o céu ‘chorou’ com a pesada chuva. Só nos resta dizer, gracias hermanos de Colômbia.

BATE REBATE

A Câmara de Dourados faz hoje às 8h a entrega do valor de R$ 211 mil à Secretaria Municipal de Educação, como parte da sobra de duodécimo do Legislativo.

Determinação do conselheiro Ronaldo Chadid, do Tribunal de Contas do Estado, suspendeu o aumento na tarifa de ônibus de Campo Grande. O prefeito Alcides Bernal (PP) concedeu aumento de 8,61% na tarifa que passaria de R$ 3,25 para R$ 3,53 a partir de hoje.

A empresa LaMia, responsável pelo voo que levava a Chapecoense para Medellín, teria um custo adicional de cerca de R$ 10 mil se decidisse por parar no Aeroporto de Bogotá para fazer um abastecimento, segundo a Folha de S. Paulo.

O ex-governador André Puccinelli  (PMDB), deve ser indenizado pela Google, em R$ 38.962, por um vídeo publicado no Youtube que o acusa de ser chefe de uma quadrilha que conspirou para a cassação do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal  (PP). A decisão é do juiz Geraldo de Almeida Santiago.

INFORME CURURU

Estou aqui para incomodar mesmo, se fosse para agradar, eu me chamaria dinheiro!