Sudeco encontra irregularidades em vistoria

Para Pacco este é mais um reflexo do desmando da administração de Wallas

18/04/2017 17h52

Engenheiros durante vistoria no conjunto Irmã Daniela Engenheiros durante vistoria no conjunto Irmã Daniela

De Itaporã

No último dia 28 de março os engenheiros da SUDECO (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste) Bruno Rabelo e Leonardo Cappellesso, estiveram em Itaporã fazendo vistoria nas obras de drenagem no conjunto Irmã Daniela e adjacências, os engenheiros fizeram um minucioso levantamento do atual estágio da obra, (leia-se primeira etapa), para posteriormente ser publicado o relatório no SICONV, Sistema de Convenio do Governo Federal.

Desde então o prefeito Marcos Pacco (PSDB) aguardava o relatório que foi liberado no dia 11 de abril, e, para surpresa não só do prefeito mais de toda equipe técnica foram encontradas irregularidades na execução do escoramento utilizado para a escavação do assentamento dos tubos, o serviço executado no ano de 2014, sob o comando do prefeito Wallas Milfont, que era pra ser utilizado material metálico, foi substituído por sarrafos de madeiras, ou seja, com esse prejuízo irreparável, pela não execução e impossibilidade de posterior execução, os engenheiros da SUDECO recomendaram que seja descontados da terceira parcela a ser liberada pelo convenente o valor de R$ 109.491,49 ( Cento e nove mil, quatrocentos e noventa e um mil reais com quarenta e nove centavos).

Para Pacco, este é mais um reflexo do desmando em que se foi administrado os 4 anos do ex prefeito Wallas Milfont, são praticamente cento e dez mil reais a menos para se investir em obras de drenagem no conjunto Irmã Daniela e adjacências.

" Mais uma vez ficou comprovado que não houve responsabilidade com o dinheiro público, ficou comprovado o desmando da gestão passada que não imaginou quanto prejuízo causariam ao nosso munícipio, se o projeto exigia estrutura metálicas qual a necessidade em utilizarem sarrafos de madeiras? Infelizmente o prejuízo está aí, praticamente 110.000,00 mil reais a menos na obra, " disse Pacco.

O relatório de vistoria será encaminhado ao Ministério Público, para se tomar as devidas providências. Itaporã é um município brasileiro, situado no estado de Mato Grosso do Sul. É conhecida como "Cidade do Peixe", pois possui a maior lâmina d’água do estado em matéria de criação e produção de peixes. "Itaporã" é um termo de origem tupi que significa "pedra bonita", através da junção dos termos itá ("pedra") e porang ("bonito").