Festival científico abre hoje com bate-papos na Capital

Pint of Science reúne cientistas de várias instituições educacionais e acontece até quarta, na Cervejaria Prosa e no Saideiras Bar

Por: Elvio Lopes - 14/05/2018 11h25

 
Um dos espaços do festival científico já realizados no País, que explica a ciência em bate-papos - Foto: divulgação Um dos espaços do festival científico já realizados no País, que explica a ciência em bate-papos - Foto: divulgação

Com o objetivo de criar um canal de comunicação direto entre os cientistas e a sociedade, esclarecer como a ciência funciona e mostrar a beleza existente em sua capacidade de investigar e explicar o mundo, começa hoje na Capital, o Pint of Science, um festival mundial de divulgação científica em que pesquisadores da Capital vão conversar com o público sobre temas como biodiversidade, internet das coisas e superbactérias.

Natalia Pasternak Taschner, coordenadora do festival no País afirma que as pessoas querem saber, têm sede de ciência e os cientistas querem falar e explica que, durante o festival, os pesquisadores conversam com o público de forma descontraída, respondem perguntas e não há formalidades como inscrição ou emissão de certificados. Também não é preciso pagar entrada, apenas o que for consumido nos estabelecimentos que sediam o evento.

Em Campo Grande, o festival acontece desta segunda-feira até quarta-feira, sempre às 19h30, na Cervejaria Prosa, no Jardim dos Estados e no Saideira Classic Bar, no centro, com bate-papos que tem como proposta esclarecer dúvidas e apresentar as últimas descobertas nessas e em outras áreas do conhecimento. Será uma oportunidade dos moradores conversarem com os cientistas de forma descontraída, entenderem como funciona a pesquisa científica e descobrirem dificuldades e belezas da ciência.

"O Festival trará temas interessantes e atuais como o impacto das mudanças ambientais sobre a saúde humana, e ainda outros assuntos curiosos e polêmicos como as recentes ideias sobre o formato da Terra", explica a professora Ana Paula da Costa Marques, coordenadora do evento em Campo Grande.

Participações de outros pesquisadores também são os destaques deste primeiro ano em Campo Grande. A edição do Pinto of Science vai contar com a presença dos pesquisadores Livia Cordeiro, José Sabino e Paulo Cançado, que são referências nas áreas de ecossistemas subterrâneos, comportamento animal e doenças infecciosas animais e zoonoses, e o debate sobre como vencer a guerra contra as bactérias resistentes aos antibióticos.

A programação completa está disponível no site pintofscience.com.br e não há necessidade de inscrição. A entrada é gratuita – paga-se apenas o que for consumido nos estabelecimentos – e não há emissão de certificado. A Cervejaria Prosa fica na Rua das Alagoas, 901, no Jardim dos Estados e o Saideiras Bar, na Rua Dom Aquino, 2.331, centro.

NO PAÍS

O Pint of Science nasceu em 2013, como uma iniciativa de pesquisadores da Inglaterra, e se expandiu graças a uma rede de voluntários. Neste ano, 21 países promovem o evento de forma simultânea.

No Brasil, onde o festival foi realizado pela 1ª vez em 2015, na cidade de São Carlos, o Pint of Science acontecerá em 56 municípios distribuídos pelas cinco regiões e a expectativa é de que 50 mil pessoas compareçam aos bate-papos.