Dourados – MS quinta, 19 de julho de 2018
Valorização

Em 36 meses, Governo convoca 4.512 servidores concursados

28 Dez 2017 - 14h33
Secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis. Foto: divulgação - Secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis. Foto: divulgação -
Para minimizar a deficiência do quadro funcional, o Governo de Mato do Sul vem cumprindo a risca sua política de valorização dos servidores e convocando novos colaboradores nas mais diversas áreas de atuação. Nos últimos três anos, 4.512 novos servidores foram convocados pela administração pública. A informação é do secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis.

Na área da educação, 1.743 novos profissionais foram incorporados ao quadro de servidores efetivos. Além dos 578 servidores administrativos foram convocados; 147 professores de artes, 121 na área de ciências biológicas, 99 professores de educação física, um professor de filosofia, 182 docentes de geografia, 20 professores de língua espanhola, 54 docentes em língua inglesa, 439 professores de língua portuguesa, dois professores de química, três docentes em sociologia e 97 professores de história. No total, 1.165 novos servidores foram convocados para desempenhar função na área educacional.

Na Segurança Pública, o número é ainda maior. Além dos 26 investigadores de Polícia e 194 peritos papiloscopistas, o Governo convocou 164 novos bombeiros miliares e 920 novos policiais militares para patrulharem as ruas de Mato Grosso do Sul. No Detran, o Departamento Estadual de Trânsito, 165 servidores foram convocados para fazer parte do quadro funcional. No quadro de Agentes Penitenciários, 33 profissionais foram convocados para Assistência e Perícia e 236 para área de Segurança e Custódia.

Para atuar no Hospital Regional, 391 novos profissionais foram convocados para o quadro de funcionários efetivos da Fundação de Serviços de Saúde. Na especialidade Medicina, foram convocados 5 cirurgiões-gerais, 6 ginecologistas e obstetrícia, 8 intensivistas adulto, 2 neurologistas, 5 pediatras, 3 cardiologistas, 1 cardiologista pediátrico, 1 coloproctologista, 1 cirurgião de cabeça e pescoço, 3 cirurgiões pediátrico, 1 cirurgião torácico, 2 hematologistas e hemoterapia, 2 intensivistas pediátricos, 36 médicos de medicina de urgência, 1 neonatologista, 1 neurologista pediátrico, 2 oftalmologistas, 2 cancerologistas pediátricos e 1 cancerologista clínico e 02 médicos Radiologistas com Ultrassonografia.

Os demais profissionais nomeados foram assistentes sociais (06), enfermeiros (66), farmacêuticos (12), farmacêutico-bioquímicos (12), fonoaudiólogos (06), gestor de serviços hospitalares (05), nutricionista (04), psicólogo (01), terapeutas ocupacionais (2), agentes de farmácia (18), agentes de serviços hospitalares (80), técnicos de enfermagem (25), técnicos de enfermagem – perfusionista (2), técnicos de laboratório (10), técnico de nutrição (1), técnicos de radiologia (22), cozinheiros (3), auxiliares de copa (13), auxiliares de cozinha (3) e auxiliares de serviços hospitalares (9).

Para trabalhar diretamente na arrecadação estadual, foram convocados 73 auditores fiscais da Receita Estadual (antigos fiscais de rendas) e 147 Fiscais Tributários Estaduais (antigo agente tributário), por meio da Secretaria de Fazenda. E, no Instituto de Metrologia, o Inmetro, 10 novos servidores passaram a fazer parte do quadro funcional do Estado.

Na Junta Comercial, oito novos profissionais foram convocados para exercerem a função de Analista de Atividades Mercantis e quatro para Assistente de Atividades Mercantis. Para desenvolver atividades na área habitacional, 47 novos servidores foram incorporados ao quadro funcional. Na área agropecuária, 18 novos profissionais foram convocados nos cargos de Fiscal Agropecuário – Engenheiro Agronômico, Engenheiro Químico e Médico Veterinário.

"É diretriz do Governador Reinaldo Azambuja, apertar o cinto nos contratos e convênios e priorizar o servidor público. E é com base nessa determinação que estamos preenchendo alguns gargalos da administração, no que se refere ao quadro funcional, especialmente nas áreas prioritárias, sempre com planejamento e responsabilidade. Com essa postura, o governo busca inverter o cenário encontrado no quadro de servidores para garantir que, até 2018, 80% do quadro funcional seja de servidores efetivos", completa Carlos Alberto de Assis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sindicato e empresários promovem 7ª Feira de Calçados, Couros e Acessórios
Economia

Sindicato e empresários promovem 7ª Feira de Calçados, Couros e Acessórios

06/07/2018 14:00
Sindicato e empresários promovem 7ª Feira de Calçados, Couros e Acessórios
HOMICÍDIO

Jovem é executado a tiros em Dourados

30/06/2018 09:06
Fronteiras protegidas é prioridade para pré-candidato Alckmin
Segurança

Fronteiras protegidas é prioridade para pré-candidato Alckmin

29/06/2018 19:52
Fronteiras protegidas é prioridade para pré-candidato Alckmin
Pré-candidato tucano fala em criar uma Guarda Nacional no Brasil
Visita

Pré-candidato tucano fala em criar uma Guarda Nacional no Brasil

29/06/2018 19:10
Pré-candidato tucano fala em criar uma Guarda Nacional no Brasil
27 atendimentos movimentaram a Polícia Militar nas últimas 24 horas em Dourados
TRABALHO POLICIAL

27 atendimentos movimentaram a Polícia Militar nas últimas 24 horas em Dourados

29/06/2018 09:32
27 atendimentos movimentaram a Polícia Militar nas últimas 24 horas em Dourados
Últimas Notícias