Peça “Contos da Cantuária” no Passe Livre

 “Contos da Cantuária” gira em torno de quatro peregrinos que reúnem-se por acaso em uma taverna “Contos da Cantuária” gira em torno de quatro peregrinos que reúnem-se por acaso em uma taverna

As apresentações do projeto iniciam neste mês de julho e acontecem em espaços públicos de Campo Grande, com entrada gratuita. Grupo tem 11 anos de atuação no Mato Grosso do Sul

De Campo Grande

Em comemoração aos 11 anos de atuação, o Teatro Imaginário Maracangalha realiza, neste mês de junho, em Campo Grande, o projeto Passe Livre. As apresentações, com entrada franca, acontecem em espaços públicos.

O projeto Passe Livre começa com a temporada do espetáculo de rua "Contos da Cantuária". A peça é uma adaptação da obra "Contos de Canterbury", escrita pelo autor inglês Geoffrey Chaucer, no período de 1384 - 1400, em plena Inquisição na Idade Média.

O texto crítico e humorado é constituído de 29 contos e o grupo optou pela montagem do "Conto do Vendedor de Indulgências", que retrata de forma farsesca e ácida o comércio das religiões e as corrupções em nome de Deus, do dinheiro e da ambição, traçando um paralelo com os dias atuais.

A trama gira em torno de quatro peregrinos, que reúnem-se por acaso em uma taverna. Para que a viagem transcorra mais agradavelmente, o taverneiro sugere que cada um conte uma história, prometendo um belo jantar ao melhor narrador.

Na montagem atual, o elenco é composto por Renderson Valentim, Fran Corona, Moreno Mourão e Fernando Cruz, que atua e assina a direção da peça. No dia 28 de junho, "Conto da Cantuária" vai ser encenado na Mostra Artística da Rede Brasileira de Teatro de Rua em Presidente Prudente (SP).

Ao circular por Campo Grande, com o projeto Passe Livre, o Teatro Imaginário Maracangalha mantém seu processo de pesquisa debatendo temas, formas e meios estéticos que dialoguem com a cidade, a realidade dos trabalhadores, transeuntes das ruas dos centros e periferias.

A temporada do projeto Passe Livre segue nos próximos messes com sessões de outros espetáculos do Teatro Imaginário Maracangalha como: "Conto da Cantuária" – "Tekoha – Ritual de Vida e Morte do Deus Pequeno" – "Areôtorare" e "Tragicomédia de Dom Cristóvão e Sinhá Rosinha".

A temporada de "Conto da Cantuária" do Teatro Imaginário Maracangalha, inicia no sábado, às 11h, na Praça Ari Coelho; domingo é às 13h, na Feira da Praça Bolívia Tikai. Na quarta-feira, dia 14, a programação é retomada, com apresentação às 11h, na Praça Ari Coelho; quinta-feira é no Drama Bar às 22h; no sábado, às 19h, na Feira Livre da Vila Jaci; domingo, às 10h, na Feira Livre do Nova Lima. Na quarta-feira, dia 21, a peça será mostrada às 11h, na Praça Ari Coelho, no dia seguinte, no mesmo horário, é a vez da Praça Ari Coelho; sábado, dia 24, às 16h, no Parque Sóter e o encerramento é no domingo, a partir das 18h, na Praça do Peixe Feira Tuiuiu.