UFGD indica leitura de obras para mulheres

A data foi consagrada em 1917, sendo reconhecido mais de 50 anos depois

19/03/2017 14h38

Leitura para as mulheres Leitura para as mulheres

Sempre atenta aos temas e debates importantes para a sociedade, a Editora da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) considera o Dia Internacional da Mulher, que se comemora em 8 de março, uma oportunidade para reflexão e conscientização acerca das conquistas e dos direitos das mulheres. A data foi consagrada em 1917, sendo reconhecido apenas mais de 50 anos depois por organizações internacionais como a ONU e Unesco.Trata-se de uma data através da qual se pretende manter viva a memória da luta histórica das mulheres contra a desigualdade de gênero, assim como a consciência de que essa é uma batalha que continua sendo travada. Neste mês, a UFGD indica leituras para o mês das mulhers. O download é gratuito.

"Alguns Apontamentos Sobre História Oral, Gênero e História das Mulheres" (Losandro Antonio Tedeschi)

A história das mulheres oscilou entre sistemas muito variados de exclusão, de tolerância e de banalização. Colocá-los em evidência responde a um duplo objetivo: o de permanecer crítico com respeito às formulações próprias à história das mulheres; e o de questionar a necessária relação entre este campo de estudos e o conjunto da pesquisa histórica.

"Leituras Sobre Mulheres (Alzira Salete Menegat- Org)

A obra apresenta reflexões de pesquisas acerca de possibilidades vividas por mulheres de Mato Grosso do Sul em suas diferentes trajetórias e intervenções sociais, especialmente de mulheres assentadas em projetos de Reforma Agrária. A reunião de textos de diferentes autores/as com pesquisas sobre mulheres que vivem em diversos cenários sociais do Estado, poderá contribuir para o entendimento de situações vivenciadas pelos educadores, como também subsidiar novos debates, publicando situações e pessoas, as quais estão na construção de caminhos outros, visando até mesmo à superação da invisibilidade histórica de mulheres

"Viajeiras Entre Dos Mundos" (Sara Beatriz Guardia; Losandro Antonio Tedeschi- Ed e Comp)

Nesta obra é encontrada uma nova forma de observar a história das mulheres. Dezenas de histórias traçam um painel nos aspectos sociais, culturais e política, através do pensamento da escrita, atendendo um público leitor ávido por memórias de vestígios das realidades.