"Natasha" será produzida em Mato Grosso do Sul

Em breve, começam os testes de elenco que serão realizados em Dourados e Campo Grande. Série de autoria de Antony Magalhães vai retratar o universo LGBT

09/01/2017 09h44

Natasha é uma travesti que trabalha fazendo shows. Após seu assassinato, suas amigas conseguem uma Kombi emprestada e decidem viajar. (Foto: Divulgação) Natasha é uma travesti que trabalha fazendo shows. Após seu assassinato, suas amigas conseguem uma Kombi emprestada e decidem viajar. (Foto: Divulgação)

Dourados e mais algumas cidades do Estado serão pano de fundo para uma nova série, que começará a ser gravada em maio, "Natasha" contará a estória de três amigas que atravessam o Mato Grosso do Sul, para realizar o sonho de uma amiga, que foi brutalmente assassinada.

A equipe técnica começou a ser formada, com profissionais do Estado e de fora, em breve os testes de elenco serão realizados em Dourados e Campo Grande, a grande premissa do projeto é contratar atores da comunidade LBGT, já que a temática da série é essa.

"Não tem sentido fazer uma série com pegada de diversidade sem esses profissionais. Queremos abrir portas, dar oportunidades a todos e sim, nossa preferência é por profissionais LGBT tanto na equipe técnica quanto no elenco", afirma a produtora executiva Ana Ostapenko.

O roteiro da série é assinado por Antony Magalhães. Ele acredita que "Natasha" será um marco no audiovisual do MS. É uma história sobre superação e resistência. Será um marco para o audiovisual do Estado e comunidade LGBT do Brasil todo. Uma série que aborda os problemas vivenciados pelas travestis, gays, transexuais e lésbicas. A violência, preconceito e a dificuldade em se conseguir um emprego ou ser aceito pela família."

A produção da série será feita pela Plug Produções, de Dourados. O projeto da série foi aprovado pela Ancine, no Prodav 10, uma linha de produção para séries, a serem exibidas nas TV’s públicas de todo país.

"O público pode esperar uma série que não vai ter medo de se posicionar, uma trama com emoção, com humor, divertida e o principalmente informativa. Esperamos que a comunidade LGBT se sinta representada pelos nossos personagens. E quem está longe desse universo se aproxime, ouça o que temos para dizer, deixe o preconceito desaparecer e que aprenda a amar o diferente, porque Natasha é isso, é amor, é respeito", diz o diretor Thiago Rotta.

Natasha é uma travesti que trabalha fazendo shows em boates por todo o Brasil. Após seu assassinato, suas amigas Nicole, Inês e Leona decidem participar de um concurso de drag queens que Natasha participaria. Elas conseguem uma Kombi emprestada, contratam uma motorista e decidem viajar do Mato Grosso do Sul até o Mato Grosso para participar do concurso "Raio de Sol do Pantanal".

Em uma jornada de autoconhecimento elas são obrigadas a lidar com o preconceito e falta de conhecimento da sociedade, além das dificuldades de se pegar estrada sem dinheiro e sem saber o que as espera. A produção está em fase de recebimento de currículos e vídeos para atores. Informações em www.facebook.com/serienatasha