PRF apreende quase 7 toneladas de maconha em carga de feijão em MS

Segundo a Polícia Rodoviária Federal é a maior apreensão de maconha do ano no Estado de Mato Grosso do Sul. Flagrande aconteceu na BR 163 em Caarapó

19/03/2017 18h59

A apreenção ocorreu durante uma abordagem policial às margens da rodovia BR 163 A apreenção ocorreu durante uma abordagem policial às margens da rodovia BR 163

Dourados

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu no último sábado em Caarapó, 6,8 toneladas de maconha. A droga estava numa carreta Scania/T113, com placas de Santo Antônio do Sudoeste, no Paraná.

De acordo com a polícia, a apreensão ocorreu durante uma abordagem policial às margens da rodovia BR 163. Na ocasião o motorista, um homem de 56 anos, afirmou a carreta estar carregado com soja de Amambaí, entretanto apresentou nota fiscal referente a uma carga de feijão de Campo Grande com destinatário de Feira de Santana (Bahia).

As informações contraditórias levantaram suspeitas dos PRFs, que fizeram buscas na carreta e na carga, descobrindo sob toneladas de feijão grande quantidade de maconha.

Diante do flagrante, o motorista afirmou que carregou o entorpecente em Amambaí, região de fronteira com o Paraguai, em um pátio de combustíveis, mas não informou detalhes.

A carga de feijão tinha em seus fardos inscrições em espanhol, o que pode evidenciar que o carregamento foi feito no país vizinho, caracterizando tráfico internacional de entorpecentes.

A pesagem da droga totalizou 6.847,3 kg (seis mil e oitocentos e quarenta e sete quilogramas e trezentos gramas) de maconha. O motorista foi preso e juntamente com a carreta e o entorpecente apresentados na Polícia Federal de Dourados. O motorista foi autuado por tráfico, com pena de 5 (cinco) a 15 (quinze) anos de reclusão que pode ser aumentada de um sexto a dois terços se a procedência caracterizar transnacionalidade do delito.

Fátima do Sul

Idoso de 63 anos foi preso por volta das 17h30 deste sábado (18) transportando 150 kg de maconha em um veículo. O caso aconteceu na MS-276, distrito de Culturama, em Fátima do Sul.

De acordo com o registro da ocorrência, o acusado conduzia o veículo Gol, com placas de Bauru (SP) quando foi abordado pela polícia na estrada. Durante a vistoria, os agentes encontraram a droga distribuída em seis fardos enrolados em sacos plásticos.

O acusado revelou que receberia R$ 5 mil para transportar a droga de Dourados a Três Lagoas. Ele foi encaminhado ao 1° DP (Departamento de Polícia) de Fátima do Sul. ⁠⁠⁠⁠

SP

Uma quadrilha presa em São Paulo neste fonal de semana era formada por integrantes moradores em mato Grosso do Sul. Ao todo, 8 pessoas foram presas pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) na cidade de Itapetininga (SP). De acordo com o site Maracaju Speed, a droga saiu do Paraguai, passou pelo Mato Grosso do Sul e tinha como destino o interior de São Paulo.

Dos 8 integrantes da quadrilha que foram presos, dois são moradores de Maracaju.

Ainda conforme o site, o entorpecente estava em duas carretas bitrem que cruzaram Mato Grosso do Sul com aproximadamente 800 quilos de pasta base de cocaína escondidos em carga de soja. O carregamento é avaliado em cerca de R$ 16 milhões.Além das carretas, um veículo que servia de apoio para os condutores da carreta foi apreendido.