Operação Profeta cumpre 11 mandados de prisão, sendo dois em Dourados

Por: Redação - 15/05/2018 11h35

 
Materiais apreendidos pela polícia (Foto: Polícia Federal/Divulgação) Materiais apreendidos pela polícia (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

Polícia Federal (PF) cumpriu 15 mandados de busca e apreensão e 11 de prisão na manhã desta terça-feira (15) relacionados ao tráfico de drogas em Minas Gerais nas cidades de Belo Horizonte, Congonhas e Uberaba; e em Dourados (Mato Grosso do Sul). Dentre os mandatos de prisão, três já estão presos. Desses, dois são de Dourados e um em Congonhas. Os outros presos foram pegos em Congonhas, Uberaraba e na capital mineira.

Participaram da Operação Profeta as polícias Federal, Civil e Rodoviária Federal, com o apoio da Militar. De acordo com o delegado da PF João Geraldo de Almeida, a droga era trazida da Região Norte do Brasil para ser vendida na cidades onde houve a ação policial.

"A maior parte [dos suspeitos] tem antecedente criminal como roubo, falsificação de documentos e homicídios", disse Almeida a reportagem do G1-MS. Ainda segundo ele, dois traficantes que já estavam presos em Dourados (MS) usavam o telefone celular para comandar o tráfico de drogas de dentro da cadeia. Ele falou também que a droga era escondida e enterrada em terrenos baldios.

O delegado Rodrigo Moraes Fernandes salientou que a operação em conjunto com as polícias "é uma força integrada de combate ao crime organizado". As investigações duraram cerca de quatro meses.

Foram apreendidos dinheiro, celulares, drogas e bloco com anotações.

Fonte: G1-MS