Guarda Municipal é preso após espancar ex-esposa e atirar em residência

O casal está separado há sete meses

Por: O PROGRESSO - 14/07/2017 08h34

Um guarda municipal de 47 anos foi preso em Campo Grande após ser acusado de espancar a ex-esposa e alvejar a residência da vítima com tiros de revólver.

Segundo informações, o casal está separado há sete meses e por volta das 1h desta sexta-feira, 14, o guarda invadiu a casa da mulher e passou a agredí-la violentamente com socos e chutes no rosto causando lesões nos olhos e nariz da vítima.

Além de espancar a ex-esposa, o guarda ainda alvejou a residência com cerca de seis tiros para intimidar a mulher. Depois da violência, ele entrou no carro e passou a efetuar disparos na área externa da casa. Uma vizinha acionou a polícia.

Quando os militares chegaram abordaram o veículo pedindo para que o agressor decesse do carro, mas ele empreendeu fuga sendo perseguido por cerca de 15 minutos. Quando percebeu que seria preso, o homem estacionou o carro em uma residência. Os policiais deram ordem para que ele se entregasse, momento em que ele saiu da casa desarmado.

Ele foi autuado por violência doméstica e encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, a DEAM.