Garoto é encontrado morto em cima do telhado e polícia suspeita de homicídio

Menino de 10 anos estava desaparecido desde domingo de manhã. Hoje (13), foi encontrado morto em cima do telhado de uma outra residência que fica perto de sua casa

Por: Marli Lange - 13/03/2018 09h16

 
Corpo da criança estava próximo a esta antena parabólica em uma casa próxima à que ele morava - Imagem: Márcio Rogério / Nova News Corpo da criança estava próximo a esta antena parabólica em uma casa próxima à que ele morava - Imagem: Márcio Rogério / Nova News

Em Nova Andradina, a polícia está investigando um caso bastante mistérioso. Na manhã de hoje (13) foi encontrado o corpo de um menino de 10 anos, que estava desaparecido desde domingo pela manhã. O corpo do garoto foi achado em cima do telhado de uma casa que fica próxima a residência da criança desaparecida, no Bairro Argemiro Ortega.

Segundo o site Nova News, a moradora da casa, disse a polícia que viaja constantemente e que neste final de semana não estava no imóvel, pois tinha vindo a Dourados. Ela contou que chegou na segunda-feira (12) à noite e, apenas nesta manhã percebeu o mal cheiro e pediu para um rapaz subir ao telhado para dar uma olhada. O corpo do garoto estava perto de uma antena parabólica, já com fortes odores.

Os moradores acionaram imediatamente as autoridades. Equipes do Corpo de Bombeiros, Polícias Civil, Polícia Militar e do Núcleo de Perícias foram ao local.

Algumas testemunhas disseram a reportagem do site Nova News que o garoto estava sem roupas, no entanto, a Polícia Civil não confirmou.

O Delegado Regional de Polícia Civil, André Luiz Novelli, informou que aguardará laudos periciais para se posicionar oficialmente sobre a causa da morte da criança. Não foi confirmado também se no corpo do menino existem algum tipo de feriamento. Os investigadores também buscam vestigios no local em busca de vestígios que possam colaborar com a elucidação do caso.

"A Polícia Civil trabalha com todos os recursos disponíveis para que o caso seja esclarecido, mas, neste primeiro momento, não podemos afirmar nada de forma concreta até que os resultados dos exames periciais sejam liberados", disse o delegado.

O desaparecimento

A ocorrência da policia 795/2018, a criança desapareceu de sua casa, localizada no Bairro Argemiro Ortega, por volta das 08h de domingo (11). Pelo documento, o padrasto do garoto, um homem de 32 anos, afirmou que havia cortado o cabelo do menino, que tomou banho em seguida, com a intenção de ir até a casa da avó, comemorar o aniversário dela.

Após isso, foi a vez de o padrasto entrar no banheiro, momento em que um barulho foi ouvido no portão, sendo que, após isso, o menino não foi mais visto. Ainda segundo a ocorrência policial, a vítima estava com short xadrez na cor marrom e calçava um par de chinelos Havaianas.

Logo depois de constatar o sumiço da criança, familiares, parentes e amigos iniciaram a mobilização em busca de informações. A ocorrência junto à 1ª Delegacia e Polícia Civil de Nova Andradina foi registrada por volta das 17h de domingo (11).