Ao desistir de compra, mulher é agredida pela proprietária da loja

A vítima teria desistido da compra ao ver o mal tempo se formando e por conta da demora do atendimento

Por: Vinicios Araújo - 10/01/2017 08h47

Uma mulher, 38, foi agredida violentamente no dia de ontem ao desistir de efetuar a compra de cimento que fazia em uma loja de materiais de construção. A vítima sofreu golpes de soco e puxões de cabelo vindo até arrancar mechas.

O caso aconteceu em Campo Grande, e a agressora foi a proprietária da loja, 55, que enfurecida pela desistência partiu pra cima da cliente vindo à agredi-la. O motivo da desistência teria sido pelo mal tempo que estava se formando no momento e porque a venda estava demorando. A vítima chegou até ligar para a irmã pedindo socorro.

Clientes de um bar próximo da loja interviram na briga e a agressora até teria chamado um homem e dito "marca bem a cara dela que isso não vai ficar assim". O caso foi registrado como lesão corporal dolosa.