Acadêmica é flagrada ossos humanos para trabalho

Caso aconteceu em Coronel Sapucaia, em MS.

Por: Vinicios Araújo - 19/10/2017 10h39

A Polícia Militar de Coronel Sapucaia flagrou no início da noite de ontem (18) uma suposta acadêmica de medicina com ossos humanos recolhidos em Pedro Juan Caballero que seriam utilizados para trabalho de estudos.

Segundo boletim de ocorrência, ela estava na companhia de outras duas pessoas em um veículo VW Gol. Ao realizar abordagem no veículo, policiais encontraram um saco plástico com vários ossos humanos.

Questionados sobre os restos mortais, a acadêmica identificada como Pâmela, confessou ter recolhido os ossos em Pedro Juan Caballero no Paraguai para utilizar nos estudos do curso de medicina. Ela disse também que iria envernizá-los na chácara do pai.

O caso foi registrado como remoção de tecidos, órgãos ou partes do corpo de uma pessoa ou cadáver.