"Milionário do Whatsapp" é executado enquanto "malhava" na academia

Por: Marli Lange - 13/03/2018 10h22

 
Policia chega ao local do crime na noite de ontem em uma academia da cidade - foto: Porã News Policia chega ao local do crime na noite de ontem em uma academia da cidade - foto: Porã News

Conhecido como o "Milionário do Whatsapp" na fronteira, F.I.D.V., 36 anos, foi executado com nove tiros na noite desta segunda-feira enquanto "malhava" em uma academia na cidade de Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã.

Segundo as informações da imprensa local, a vítima que já tinha passagem pela polícia, gostava de ostentar dinheiro, jóias, carros de luxo pelas redes sociais, quando acabou sendo preso por agentes da Divisão antidrogas da Policia Nacional do Paraguai em novembro de 2017. Na ocasião da prisão, com ele e o irmão, foram encontradas 10 armas de fogo de diferentes caibres e modelos, vários veículos de procedência duvidosa, 9.600 dolares americanos e varias jóias.

Liberados da prisão, um dos irmãos foi assassinado ontem enquanto fazia exercícios fisicos em uma esteira na academia. Algumas balas da pistola 9mm descarregada pelo pistoleiro foram encontradas ao lado do corpo e da esteira. O fato aconteceu às 19h30.

Segundo o site Porã News, testemunhas teriam visto uma motocicleta chegar ma academia, um deles desceu e entrou na academia, onde fez os disparos, saiu correndo e subiu na moto, tomando rumo ignorado.

Agentes da Divisão de Homicidios e da Policia Tecnica investigam o caso.