02/03/2012 07h51 - Atualizado em 02/03/2012 07h51

‘Jornal e Educação’ inova em abril

Programa do O PROGRESSO trará novidades através de canal de interatividade com comunidade escolar

 
Marli Lange
Do Progresso
Fátima Frota, Walteir Betoni, Blanche e June Torres e Adiles do Amaral Torres ( Foto: Homero Torres/OPROGRESSO) Fátima Frota, Walteir Betoni, Blanche e June Torres e Adiles do Amaral Torres ( Foto: Homero Torres/OPROGRESSO)

DOURADOS – O Programa Jornal e Educação “O PROGRESSO – Ensinando a Ler o Mundo” vai inovar a partir de abril, em comemoração ao aniversário deste matutino que vai completar 62 anos. O programa, que ingressa no 15º ano, passará a oferecer assinaturas digital do O PROGRESSO on line sem custo para todas as escolas municipais, as bibliotecas municipais, Secretaria Municipal de Educação e professores que participam do programa. Todos vão receber uma senha e login para terem acesso às páginas online. Com isso, alunos e professores da rede municipal terão acesso aos conteúdos diários do O PROGRESSO digital, cujas páginas ficarão abertas nas salas de tecnologia.

De acordo com a coordenadora do Programa, Fátima Frota, a nova tecnologia vai trazer notícias sobre a educação do município e o andamento do programa nas escolas. Também terá uma página de interatividade onde os professores e alunos vão poder contar os fatos mais importantes que acontecem em sua escola e que vão parar na rede mundial através do O PROGRESSO na web.

Outra novidade é a criação de um suplemento Educação, que vai circular a cada 15 dias e terá oito páginas. De acordo com Fátima, o suplemento vai trazer matéria de educação, do programa e um espaço para universitários.

Fátima lembra que as escolas e professores que participam do programa vão continuar recebendo cortesias do jornal impresso, como vem acontecendo nos últimos 14 anos de atuação do programa. “A tecnologia on line é apenas um avanço, que visa aproximar os participantes do programa ao mundo digital e da imprensa, atendendo uma sugestão inovadora da coordenadora nacional do Programa Jornal e Educação da Associação Nacional dos Jornais, Cristiane Parente”, destaca.

O secretário municipal de Educação, Walteir Betoni, esteve na tarde de ontem na sede do jornal O PROGRESSO, onde tomou conhecimento das inovações. Ele foi recebido pela diretora presidente Adiles do Amaral Torres e as diretoras e sócias-proprietárias Blanche Torres e June Torres, que apresentaram as melhorias do programa. “Isso significa maior dinamismo, com possibilidade dos participantes deixarem de ser leitores passivos para leitores ativos, interagindo com a imprensa em geral”, disse Betoni. “Com essa inovação esperamos maior participação dos estudantes e educadores na área da leitura imprensa e digital”, concluiu Adiles do Amaral Torres.

PROGRAMA

O Programa Jornal e Educação “O PROGRESSO – Ensinando a Ler o Mundo” é uma das ações sociais deste jornal e do Instituto Weimar Torres, com o objetivo de formar leitores críticos, através da prática da leitura do jornal O PROGRESSO, nas salas de aulas.

A ação sócio educativa é parte integrante do Programa Jornal e Educação da Associação Nacional dos Jornais (ANJ). Por meio deste, o Instituto trabalha na formação dos professores com o objetivo de levá-los a refletir a importância em conhecer, interpretar e trabalhar com o jornal em sala de aula. O programa já atendeu desde 1998 88.731 estudantes do ensino fundamental ao médio.

De acordo com Fátima Frota, para o desenvolvimento do Programa de leitura do jornal, nas escolas municipais é firmado, anualmente, um termo de cooperação técnica entre o Instituto Weimar Torres e Secretaria Municipal de Educação de Dourados. Para 2011 outras ações de caráter educativo, histórico, artístico e cultural serão oportunizadas ao publico de educadores e estudantes. “Para a operacionalização dessas ações é importante a parceria da prefeitura municipal, no sentido de ceder 2 (duas) educadoras para o Instituto Weimar Torres”, destaca Fátima.

Ela lembra que a leitura é fonte principal da formação do pensamento crítico, o Instituto Weimar Torres realiza sua missão de colaborador para minimizar os problemas que a falta do ato de ler, sistematicamente, provoca na qualidade da educação. “Ler para entender; gostar de ler para saber escrever; falar e argumentar são exercícios que precisam fazer partes do cotidiano educacional”, destaca. Essa é a proposta de uma das ações do Instituto Weimar Torres que, em parceria com os gestores e educadores irão proporcionar a formação leitora nas escolas de Dourados e região.

 
 
 
 
 
 
Imóveis Apartamentos Veículos e Utilitários Importados Motos Diversos Telefones Empregos e Oportunidades