Agraer de Dourados inicia 2017 com economia de R$ 6 mil com aluguel

A Assistência Técnica e Extensão Rural, tanto do regional como do local, estão alocadas em um só endereço, na Rua João Cândido Câmara, n.º 16, centro do Município

Por: Notícias MS - 10/01/2017 09h46

A Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) de Dourados já começou o ano de 2017 de casa nova. É que a equipe de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural) tanto do regional como do local da instituição estão alocadas em um só endereço: Rua João Cândido Câmara, n.º 16, centro do Município. E se não bastasse a maior comodidade aos agricultores familiares, por conta do espaço ser mais amplo, a mudança ainda irá propiciar uma economia de cerca R$ 6 mil à instituição com os aluguéis.

"Antes eram dois imóveis alugados, um para acomodar a equipe local e outro para a regional. Agora, as equipes estarão em um mesmo local, com a vantagem de o prédio ser do governo do Estado, ou seja, não haverá despesas nesse sentido. Calculamos uma economia de quase R$ 6 mil. Dinheiro que pode ser revertido à agricultura familiar", lembrou o diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini.

O prédio estava fechado há pelo menos sete anos e chegou a abrigar uma unidade médica, intitulada de "Posto de Saúde tipo A", administrado pelo poder público municipal. "O governo de Estado por meio da SAD [Secretaria de Estado de Administração] cedeu o prédio à prefeitura. O espaço foi totalmente restaurado, pintado e limpo. Ressaltamos que todo o trabalho de recuperação do imóvel foi realizado pelos funcionários da Agraer. Foram cedidos dois servidores de Campo Grande, bem como, o material para fazer a reforma", explicou o coordenador regional da Agência de Dourados, Flávio Ferreira.

Apesar dos investimentos para revitalização, o prédio ainda contou com outra importante ajuda no canteiro de obras: o voluntariado. "Alguns servidores se ofereceram para ajudar a fazer a reforma, visando melhorias de trabalho e companheirismo", afirmou Flávio Ferreira.

De cara nova e à disposição da sociedade, o imóvel chamou a atenção de outras instituições para possíveis parcerias. "Há possibilidade de funcionar um setor da Agência Fazendária no local. Se há bem pouco tempo a Agraer Municipal e a Regional de Dourados ocupavam dois imóveis no município, agora, elas ocuparam um mesmo endereço. Um ponto importante a ser evidenciado, pois os dois escritórios ficavam distantes um do outro, dificultando a operacionalização dos trabalhos diários", afirmou.