28/05/2012 16h02 - Atualizado em 28/05/2012 16h02

Seca deixa mais da metade das cidades baianas em estado de emergência

 
Roberta Lopes

Brasília - Mais da metade dos municípios baianos já decretaram situação de emergência por causa da seca que atinge o estado. Segundo a Coordenação de Defesa Civil da Bahia (Cordec), 244 dos 417 municípios do estado estão nessa situação.

A Cordec informou que cerca de 2,7 milhões de pessoas foram afetadas pela falta de chuvas. Para minimizar o sofrimento das pessoas, o governo do estado e as prefeituras municipais estão patrocinando a distribuição de cestas básicas, abrindo poços artesianos e contratando carros-pipa para atender às comunidades atingidas.

No Ceará, dos 184 municípios do estado, 168 decretaram situação de emergência por causa da seca. Segundo o coordenador de Defesa Civil cearense, Hélcio Queiroz, metade da população do estado foi atingida pela estiagem, principalmente nas comunidades rurais. No Ceará, o Poder Público também está mobilizando recursos para fornecer água à população por meio de carros-pipa e com a perfuração de mais poços artesianos.

No Rio Grande do Norte, estão em situação de emergência 139 cidades (83% dos municípios potiguares). Segundo o coordenador da Defesa Civil do estado, Josenildo Acioli Bento, cerca de 500 mil pessoas foram afetadas pela falta de chuva no estado. Ele informou que o governo está fazendo a manutenção de poços artesianos e contratando carros-pipa para levar água às populações mais necessitadas.




 
 
 
Últimas notícias

Segunda, 22 de Dezembro de 2014

10:57
Edições Especiais

Como Adão no Paraíso...

10:55
Edições Especiais

Dourados, onde a felicidade é possível

10:52
Edições Especiais

A Dourados

10:42
Edições Especiais

Memórias da Semec

10:35
Edições Especiais

Um penúltimo olhar

 
Imóveis Apartamentos Veículos e Utilitários Importados Motos Diversos Telefones Empregos e Oportunidades