09/05/2012 16h38 - Atualizado em 09/05/2012 16h38

Google tem responsabilidade por fotos, diz advogado de Dieckmann

Defesa afirma ter ficado surpreso com nota da multinacional. Google diz que não interfere nas buscas por fotos da atriz.

 
Do Progresso
Carolina Dieckmann na manhã de segunda (7)
(Foto: Guto Maia/Brazil Photo Press/AE) Carolina Dieckmann na manhã de segunda (7)
(Foto: Guto Maia/Brazil Photo Press/AE)

O advogado da atriz Carolina Dieckmann, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, afirmou nesta quarta-feira (9) que ficou surpreso com a nota da Google, em que a companhia se isentou da responsabilidade de buscas sobre as fotos, e espera que a empresa se abra para dialogar.

“O site não pode negar a responsabilidade se é através dele que se acessam esses sites criminosos”, afirmou ao G1.

De acordo com Kakay, já foram enviadas notificações ao Google para que eles possam discutir o caso, mas até as 15h30 desta quarta ele não tinha obtido resposta. “Infelizmente eles estão muito fechados. Gostaria de poder abrir um diálogo com eles para ver os limites desta responsabilidade, porque no momento todos temos que discutir isso”, disse.

Apesar de constatar que as fotos continuam disponíveis nas buscas do Google, ele disse que não pretende processar ou entrar com ação contra a multinacional.

Google afirma que não interfere em buscas

Pela primeira vez após o escândalo do vazamento de imagens onde a atriz Carolina Dieckmann aparece nua, a Google Brasil se manifestou sobre o caso no final da manhã desta quarta-feira, quando informou, por meio de nota, que não exerce nenhum tipo de interferência em seus resultados de buscas.

"O Google vem a público esclarecer que não interfere em seus resultados de busca. O mecanismo de busca do Google é um indexador, ou seja, uma ferramenta que procura conteúdos disponíveis na Internet. Para que um conteúdo não apareça na busca do Google, é necessário entrar em contato com o site que hospeda esse conteúdo e solicitar sua remoção", diz a nota enviada pelo Google.

Na manhã desta quarta, antes da nota do Google, o advogado de Dieckmann afirmara que técnicos de seu escritório haviam constatado a retirada da maior parte das imagens do site.

Reunião com o Google

O G1 fez uma busca as 15h30 no nome da atriz e algumas imagens permaneciam na web.

Segundo o responsável por fazer o levantamento das imagens na manhã desta quarta, o acesso às fotos da atriz está ficando cada vez mais difícil.

De acordo com o advogado, a atriz já retomou a rotina de trabalho. “A Carolina já voltou a trabalhar e está tentando voltar com a vida ao normal. Carolina se expôs muito, mas é uma pessoa muito forte.”

Ainda segundo Kakay, o delegado Gilson Perdigão, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que está à frente do caso, teria informado, na noite de terça-feira (8), que as investigações estão bem avançadas. “Tenho certeza que numa rapidez bastante razoável chegaremos ao culpado pela veiculação dessas fotos”, afirmou o advogado.




 
 
 
 
Imóveis Apartamentos Veículos e Utilitários Importados Motos Diversos Telefones Empregos e Oportunidades