01/02/2013 16h56 - Atualizado em 01/02/2013 16h56

1ª ItaFolia vai resgatar o Carnaval em Itaporã

Evento acontece no calçadão municipal de 9 a 12 de fevereiro; atração musical será os cantores de Jardim Rosy Firmo e Jorge Alarcón

 
Do Progresso
Os cantores de Jardim Rosy Firmo e Jorge Alarcón vão animar as quatro noites de carnaval em Itaporã (Foto : Divulgação) Os cantores de Jardim Rosy Firmo e Jorge Alarcón vão animar as quatro noites de carnaval em Itaporã (Foto : Divulgação)

A tradição do Carnaval está de volta a Itaporã. A Prefeitura de Itaporã está intensificando os preparativos para a realização do Itaporã Folia, que acontece no calçadão municipal de 9 a 12 de fevereiro. O evento vai resgatar na cidade a maior festa popular brasileira, o Carnaval.

A atração musical das quatro noites de folia em Itaporã será os cantores de Jardim Rosy Firmo (voz, guitarra, violão e teclado) e Jorge Alarcón (voz e teclado). Com um repertório bastante variado, a dupla costuma chamar a atenção e promete agitar os foliões durante os quatro dias de folia. Também haverá som-mecânico para agitar os foliões durante os intervalos. No domingo à tarde, haverá matinê para a criançada, com a premiação das melhores fantasias.

Seguindo determinação do prefeito Wallas Milfont (PDT), diversas gerências estão se empenhando para oferecer aos itaporaenses o melhor Carnaval de todos os tempos. Enquanto a Getcel (Gerência de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer) cuida da realização artística, a Gerência de Serviços Urbanos participa com o apoio logístico, garantindo os serviços de limpeza e organização externa. “O trabalho está sendo realizado com uma grande união de todos, sempre como objetivo final de ter uma festa que ficará marcada na história de Itaporã”, disse o gerente de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Wagner Leite Fortes.

Por sua vez, o gerente Guinovaldo Gama, o Guinó, (Serviços Urbanos) disponibilizou toda a sua equipe para ultimar os preparativos. “Estaremos dando todo o apoio possível, para que as pessoas que forem ao calcadão possam desfrutar de um espaço com infraestrutura e de forma segura”, completou Luis Roberto.

Toda a área do calcadão estará cercada e em seu interior serão montadas as barracas, palco, sanitários químicos e outros detalhes necessários, como por exemplo água encanada e energia elétrica.

A abertura do Carnaval acontece no sábado, dia 9, e em todos os dias do ItaFolia o funcionamento será das 20h até 3h do dia seguinte, com diversas atrações.

Segundo Wagner Fortes, a primeira preocupação é garantir a segurança para todos aqueles que irão se divertir na festa. “Estamos preparando todo um esquema de segurança para que o Carnaval se mantenha dentro dos padrões utilizados na região, oferecendo às famílias que queiram ter momentos de divertimento e lazer as condições de brincar durante os quatro dias de festa com total tranquilidade”, explicou.

Conforme o prefeito Wallas, mesmo diante de um cenário de dificuldade financeira, a nova administração municipal decidiu realizar o Carnaval em Itaporã com objetivo de propiciar à população uma agenda de evento culturais e recreativos no município, e assim resgatar a tradição da família itaporaense de frequentar com harmonia e animação o calçadão municipal. “Queremos oferecer opções de lazer e entretenimento ao povo de Itaporã. Neste início de trabalho já estamos realizando eventos para promover a integração das famílias de nossa cidade, como o Brincando nas Férias e a Noite Cultural.

O ItaFolia chega com a ideia de resgatar a tradição do carnaval em Itaporã. Vamos oferecer atrações e estruturas necessárias para que o itaporaense possa se divertir nestes quatro dias de folia”, enfatizou Wallas Milfont.

Blocos

O 1º ItaFolia também vai contar com a animação dos blocos. Os grupos interessados em participar da folia têm até o dia 5 de fevereiro para fazerem a inscrição na Getcel. O bloco mais animado será contemplado com 12 caixas de cerveja de lata.

Histórico do carnaval

É uma festa que se originou na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C. É um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média e o período do carnaval era marcado pelo “adeus à carne” ou do latim “carne vale” dando origem ao termo “carnaval”. Durante o período do carnaval havia uma grande concentração de festejos populares e cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX.

A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo.

O carnaval do Rio de Janeiro está atualmente no Guinness Book como o maior carnaval do mundo, com um número estimado de 2 milhões de pessoas, por dia, nos blocos de rua da cidade. Em 1995, o Guinness Book declarou o Galo da Madrugada, da cidade do Recife, como o maior bloco de carnaval do mundo.

 
 
 
 
 
 
Imóveis Apartamentos Veículos e Utilitários Importados Motos Diversos Telefones Empregos e Oportunidades